15/05/2019

Câmara cassa mandato de prefeito

Z|E|N

Aconteceu em Virginópolis, na região do Rio Doce.

Lá, por 6 votos a 3, a Câmara Municipal cassou o mandato do prefeito Boby Charles das Dores Leão (PSC) com base numa denúncia popular que contestou uma licitação para o serviço de transporte escolar no município.

O prefeito Boby Charles firmou um contrato com a empresa vencedora, no valor aproximado de R$ 36 mil. No acordo, o valor pago pelo quilômetro rodado seria de R$ 1,40 para uma rota de 131 km a ser percorrida.

Apesar disso, segundo a denúncia, seis dias após a assinatura, o chefe do Executivo municipal publicou um aditivo, passando o montante do contrato para pouco mais de R$ 114 mil.

Além disso, a nova rota a ser percorrida passaria a ser de 184 km com o valor de R$ 3,10 por quilômetro rodado.

A denúncia afirma que o prefeito extrapolou o limite para concessão de aditivo, visou beneficiar a empresa contratada e, consequentemente, gerou prejuízo ao erário.