15/07/2009

Câmara vai aprovar os 30% de remanejamento pedidos pelo prefeito na LDO

Em extraordinária que acontece nesta quarta-feira (15), a partir das 19 horas, a Câmara Municipal vai votar o projeto da LDO – Lei de Diretrizes Orçamentárias. A LDO é fundamental para a orientação e elaboração da Lei de Orçamento para 2010, a qual estima e direciona os gastos da Administração Municipal (Prefeitura) para o referido ano.

A avaliação e votação do projeto, que aconteceria numa extraordinária marcada para segunda-feira (6) foi estrategicamente transferida para hoje. O motivo, alguns pontos discordantes entre a elaboração da lei e os vereadores. O principal dele, a porcentagem de remanejamento das dotações orçamentárias pedida pelo prefeito 23, que é de 30%.

A editoria do maisumonline conversou com um informal informante ligado diretamente aos bastidores da Casa de Leis. Ele nos garantiu que, a princípio, os tais ‘pontos discordantes’ foram sanados. Nesta quarta-feira (15) à noite, após a leitura da Mensagem Bíblica, os vereadores deverão aprovar o índice (alto!) de 30% de remanejamento pedido pelo prefeito.