05/12/2018

Cidadania Honorária a Romeu Zema é tema de discórdia entre vereadores

 

Z/E/N

 

Mesmo aprovado por 9 votos a 2, um título de Cidadania Honorária ao governador eleito Romeu Zema, apresentado pela vereadora Marcilene Jacinto (PHS) gerou polêmica na ordinária desta terça (04).

 

Ponderado, o vereador/professor Alexandre Castro Cruz (PV) justificou o voto contrário dizendo que prefere esperar que o governador eleito faça algo de relevância por Patrocínio para depois homenageá-lo.

 

Já o vereador Panxita (PTB), foi mais incisivo, “Votei no Zema e acredito no trabalho dele, mas vindo de quem veio esse Título de Cidadania é politiqueiro. Andou pra todo lado pedindo votos pro Anastasia e agora quer homenagear quem ganhou a eleição. Isso é politicagem!!” – enfatizou.

 

Joel de Carvalho (PP) argumentou, “votei favorável por solidariedade aos companheiros, mas não concordo com esse Título. Temos vários exemplos de homenagens que se tornaram um desastre, como o Título de Cidadania Honorária ao Pimentel.” — pontuou.

 

Marcilene agradeceu aos vereadores que votaram a favor da Cidadania a Romeu Zema e lamentou que a atitude tenha sido mal interpretada. A vereadora do PHS também registrou que os debates na Câmara estão discutindo pessoas e não idéias, o que gera desgaste e é bastante prejudicial a instituição.

 

 

MAIS LIDAS