10/05/2019

Denunciado no Ministério Público, prefeito vai responder inquérito por promoção pessoal

Z|E|N

O caso está acontecendo em Ipatinga, na região do Vale do Aço.

Lá, o Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) abriu inquérito para apurar se o prefeito Nardyello Rocha (MDB), teria utilizado informativos da prefeitura para fazer promoção pessoal.

De acordo com a promotoria, o nome e as fotos do chefe do Executivo aparecem em pelo menos 30% da publicação institucional distribuída na semana passada e outras tantas vezes nas páginas oficiais da prefeitura nas redes sociais.

Este é o segundo inquérito aberto pelo MPMG contra o prefeito de Ipatinga pelo mesmo motivo.

Em dezembro do ano passado, outra investigação foi instaurada para apurar se o chefe do Executivo municipal estava usando as redes sociais e o site da prefeitura para se promover.

“Vimos que estava tendo uma exposição exagerada da imagem do prefeito tanto no site quanto nas redes sociais da prefeitura”- disse o promotor autor da ação.

Nardyello Rocha foi eleito em junho do ano passado com 36,33% dos votos após vencer as eleições suplementares no município. Antes da votação, exercia mandato de vereador e presidente da Câmara Municipal. Com a cassação do prefeito e vice anteriores, chegou a ser o prefeito interino, até se eleger.