10/09/2019

Desinteresse biométrico

Z|E|N
O Juiz Eleitoral dr Bruno Henrique de Oliveira tem se esmerado na divulgação do Cadastramento Biométrico na Comarca. Porém, como entoou a cantora Kátia, ‘não está sendo fácil’…

Visita as cidades, não se furta a conceder entrevistas sobre a questão e trabalha o inconsciente coletivo do eleitorado para aderir a biometria.

Mas pelos números apresentados o desinteresse da população politicamente ativa é grande! O prazo final para o cadastramento biométrico expira em fevereiro de 2020.

Ao lado do chefe do Cartório Eleitoral de Patrocínio, João Batista dos Reis, dr Breno falou sobre o assunto à Difusora na semana passada.

O atendimento de biometria passará a ser feito também pela manhã em breve, pois o TRE autorizou a contratação de mais funcionários.

A expectativa é que cerca de 84 mil eleitores compareçam para fazer a biometria, somando todos os quatro municípios que englobam a Comarca.

Entretanto, no entanto, até agora em Patrocínio pouco mais de 22 mil eleitores já passaram pela biometria. O número corresponde a 32% do eleitorado rangeliano, que conta hoje com pouco mais de 64 mil eleitores.

Já Serra do Salitre tem respondido bem a biometria, informou o dr Bruno Henrique. Dos cerca de 8.700 eleitores cadastrados, já compareceram 4.100 (46% do eleitorado).

De Guimarânia são esperados pouco mais de 6.500. Já compareceram 2.200 (34%); Cruzeiro da Fortaleza, com pouco mais de 4.000 eleitores, registrou o cadastramento biométrico de 1.834, que corresponde a 45% dos eleitores.

“Nós precisamos que mais pessoas compareçam. E compareçam logo, pois nós estamos realizando este chamamento há muito tempo. Nosso interesse é que 100% do eleitorado se recadastre, ou até mais pessoas, pois muita gente veio morar aqui nos últimos anos e deveriam participar das decisões políticas nestes municípios.” – pontuou o Juiz Eleitoral.