11/10/2018

Dissidentes votam em Panxita se G40 lançar Marcilene a presidência da CMP

 

Z|E|N

 

Há 60 dias da ordinária que vai definir a Mesa Diretora da Casa de Leis rangeliana biênio 2019/2020, movimentações estão sendo delineadas para a escolha da nova composição.

 

E o clima está bastante tenso.

 

Segundo fontes, dos nomes a princípio colocados, o da vereadora Neusa Mendes (PTC) tem a aprovação de 99,9% dos pares. A advogada e produtora rural é admirada tanto por vereadores quanto pelos funcionários.

 

Nos bastidores, o comentário é que o prefeito Deiró Marra só não elegerá o novo presidente da Câmara se insistir em lançar a vereadora Marcilene Jacinto (PHS) ao cargo.

 

Caso isso aconteça, um grupo de 7 vereadores — em vias de se transformar em oito, caso Ana Paula Dornelas realmente tome as rédeas do PTB e através de uma ata exija ‘fidelidade partidária’ no voto — já se movimenta para apoiar e eleger Panxita (PTB) a presidente da CMP.

 

Pelo jeito, o motivo da divisão da Câmara em dois grupos distintos tem nome e sobrenome.

 

Vamos aguardar os acontecimentos..!

 

 

MAIS LIDAS