29/06/2019

Dois ex-presidentes da Câmara são alvos de pedido de cassação

Z|E|N

A Câmara Municipal de Belo Horizonte recebeu dois pedidos de cassação por quebra de decoro parlamentar contra os últimos dois presidentes do Legislativo da capital mineira, Henrique Braga (PSDB) e Wellington Magalhães (DC).

Braga, último mandatário da Casa, é acusado de vantagem financeira ilícita para uma associação religiosa na qual ele coordena e por suposta contratação de funcionário fantasma.

Contra Magalhães, pesam infrações político-administrativas como falsa declaração às autoridades, desmonte da Procuradoria da Câmara Municipal, ameaças contra vereadores e autoridades, além de tráfico de influência.

As duas denúncias vão passar por processo de admissibilidade pela Procuradoria da Câmara Municipal. Caso seja aceito, as denúncias vão para o plenário, onde são necessários 21 votos para que a Comissão Processante seja instalada.