• IWEBIX Content Slider

  • Eventual candidatura de Gustavo vai testar prestígio político de Silas Brasileiro 
    11/10/2017 - 16:13:26

     

    Mesmo sem uma confirmação oficial, é público e notório que o advogado e atual vice-prefeito de Patrocínio, Gustavo Brasileiro (PMDB), é pré-candidato a deputado estadual.

     

    Nos corredores do poder — mesmo sem um aviso prévio da sua decisão ao prefeito Deiró — , GB se articula para obter a musculatura necessária ao pleito com chances reais de vitória.

     

    Em verdade, é verdade (e mesmo se não contar com o apoio da prefeitura) Gustavo tem no pai, o Reverendo Roberto, e no tio, Silas Brasileiro, dois pilares importantes de sua candidatura.

     

    A FÉ E O CAFÉ

    O MUOL já disse anteriormente e faz questão de repetir, que Gustavo terá, sem sombra de dúvidas,  o apoio da fé e do café nesta tentativa de galgar mais um degrau na escada política mineira.

     

    Não por coincidência, nesta terça (10), o jovem Brasileiro teve a oportunidade de compartilhar a palavra de Deus e suas experiências de vida com os irmãos da Igreja Metodista de Monte Carmelo, comandada pelo Reverendo Luiz Aguiar e frequentada pelo presidente da Câmara Municipal daquela cidade, Fábio Enfermeiro.

     

    SILAS NA BERLINDA

    Se por um lado o Reverendo Roberto tem o poder de aglutinar as Igrejas Evangélicas em torno de Gustavo, Silas Brasileiro terá a missão de abrir as portas dos municípios onde obteve votação expressiva para o sobrinho.

     

    A missão de Silas, entretanto, é duplamente árdua uma vez que além de levar o seu nome — que ao longo do tempo perdeu considerável musculatura eleitoral — vai carregar a tiracolo um até então ‘desconhecido’ candidato.

     

    Analistas e observadores da política local observam que os votos de Silas Brasileiro vem diminuindo consideravelmente de 4 em 4 anos, passando longe dos 21 mil votos que o consagraram em Patrocínio nas eleições de 2006.

     

    Só para efeito de informação, nas eleições de 2014, então candidato a deputado federal pelo PMDB, Silas obteve em Patrocínio 14.963 votos, quando protagonizou uma ‘disputa interna’ por votos com a então vereadora Greyce Elias.

     

    A filha do casal Marta Elias e dr Elias José Abrão Neto recebeu 8.647 votos na terra rangeliana. Naquele mesmo pleito, buscando sua terceira reeleição a deputado estadual, Deiró Marra (então no PR) reinou absoluto, recebendo em Patrocínio 24.257 votos.

     

    CINCO CANDIDATOS A ESTADUAL

    Quando o período eleitoral efetivamente começar, além da penetração exacerbada de candidatos de outras plagas no microcosmo rangeliano, Gustavo Brasileiro poderá enfrentar um páreo duro com candidatos ‘caseiros’, ou ‘da terra’ como muitos gostam de escrever.

     

    Nomes como o do atual presidente da Câmara, Thiago Malagoli; Greyce Elias; Cássio Remis e até de Betinho Nascimento estão sendo citados a boca miúda pela cidade para disputar — voto a voto — a cadeira desocupada por Deiró Marra na ALMG.

     

    Vamos aguardar os acontecimentos…

     

    ( ZEN )