11/04/2019

Fernando Pimentel se torna réu pela segunda vez em outro processo no TRE-MG

Z/E/N

O ex-governador petista Fernando Pimentel (PT) se tornou réu em mais um processo que tramita no Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG).

Nos autos, a denúncia aceita pela juíza Luzia Peixoto, da 32ª Zona Eleitoral de Belo Horizonte afirma que Pimentel haveria recebido R$ 1,5 milhão de doações não declaradas durante campanha eleitoral para o Senado, em 2010.

Pimentel está sendo denunciado por “omitir, em documento público ou particular, declaração que dele devia constar, ou nele inserir ou fazer inserir declaração falsa ou diversa da que devia ser escrita, para fins eleitorais”.

Trocando em miúdos, ele é acusado de falsidade ideológica.

A ação reitera que uma empresa e um sindicato teriam repassado dinheiro a uma agência de publicidade, falsificando notas fiscais e ocultando o verdadeiro destino dos recursos.

Representantes das duas empresas que teriam feito a doação e da que recebeu o dinheiro também foram denunciados.

O advogado do ex-governador afirmou que só se manifestará nos autos do processo.