11/02/2019

FORA DA REDE: Sair do Facebook aumenta bem estar e reduz níveis de estresse, diz pesquisa

Z/E/N

Você se sentiria melhor se ficasse sem acessar o Facebook por um tempo?

Sim, responde uma pesquisa feita pela Universidade de NY realizada por 4 semanas com 2.884 usuários.

Os cientistas concluíram que abandonar a rede social por apenas um mês pode aumentar o bem-estar e diminuir o estresse, provocando uma pequena, mas significativa, melhora nos níveis de felicidade e satisfação com a própria vida.

Além do mais, a desativação liberou, em média, uma hora do dia para os participantes.

Dados atualizados em 2018 mostram que, em todo o mundo, há 2,3 bilhões de usuários do Facebook.

E o tempo gasto por dia, em média, é de 50 minutos por pessoa.

Segundo um estudo da Universidade de Houston, quando navegam no Facebook, os usuários são expostos a comparações o tempo todo, o que potencializa o desenvolvimento da depressão.

Outra pesquisa da mesma universidade mostra que aqueles usuários que já têm depressão correm mais riscos de ter o potencial da doença aumentado.

As situações que mais geram estresse no Facebook são ter que responder mensagens rapidamente (63%); sentir ansiedade se não acessar a rede (22%); e receber novos pedidos de amizade (12%).