• IWEBIX Content Slider

    • Aécio ‘desaparece’ de palanques, mas recebe R$ 2 mi do fundo partidário
      21/09/2018 - 16:43:23


       

      De prestigiado líder nacional dos tucanos, Aécio Neves tornou-se quase uma persona non grata no partido.

       

      Quase, sim, pois, a despeito de ser evitado por marqueteiros de seu afiliado político Antônio Anastasia, que concorre ao governo de Minas, e tendo sido escanteado pela campanha nacional de Geraldo Alckmin, o mineiro recebeu R$ 2 milhões do fundo partidário destinado ao PSDB.

       

      O valor corresponde a maior fatia do fundo partidário dirigida a um candidato a deputado federal pelo PSDB em Minas Gerais.

       

      Para se ter uma ideia, o presidente estadual do partido, Domingos Sávio, que busca reeleger-se deputado, recebeu R$ 900 mil, figurando em segundo lugar entre os maiores beneficiários do fundo. Em seguida, vem o vice-presidente da legenda no estado, Paulo Abi-Ackel, que recebeu R$ 500 mil.

       

      A ideia inicial do candidato à presidência da República em 2014 era candidatar-se ao Senado. Encurralado, contudo, pelas delações da JBS, Neves desistiu de tentar a reeleição ao Senado, preferindo tentar uma vaga na Câmara dos Deputados.

       

      Dirigentes do partido consideram que seria tóxico para Antônio Anastasia, candidato tucano ao governo de Minas Gerais, a superexposição de Aécio na campanha, quando teriam que dividir o mesmo palanque.

       

      O entendimento do PSDB é que quanto menos Neves aparecer na campanha, mais favorecido será Anastasia, seu ungido político e sucessor no governo do estado em 2010. O Senador tucano vem sendo bem cotado nas pesquisas eleitorais.

       

      Além disso, a possibilidade de Aécio Neves ser derrotado na corrida senatorial não era baixa. Embora as eleições deste ano contem com duas vagas no Senado para cada estado, o tucano teria de concorrer contra a ex-presidenta Dilma Rousseff, adversária política que o venceu em Minas Gerais em 2014.

       

      ( Último Segundo / IG )

       


    • SERÁ?? Em Uberlândia, postos terão que comunicar reajuste de combustível
      21/09/2018 - 9:25:31


       

      O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da Promotoria de Justiça de Defesa do Consumidor de Uberlândia, no Triângulo Mineiro, publicou nesta quinta-feira (20) uma recomendação que está causando polêmica.

       

      O Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo no Estado (Minaspetro) terá que informar, com 24 horas de antecedência, qualquer aumento nos preços de revenda dos combustíveis da cidade. Caso o Minaspetro não cumpra o pedido, o MP vai instaurar um processo administrativo.

       

      O MOTIVO

      “Alguns postos de Uberlândia, na última quarta-feira, chamaram atenção devido ao valor do litro de gasolina subir consideravelmente. Estava em R$ 4,99, e passou a ser R$ 5,29. O Minaspetro terá que cumprir. Caso não cumpra, iremos instaurar um processo administrativo”, destaca o promotor de Justiça Fernando Martins.

       

      SUSPEITA DE FORMAÇÃO DE CARTEL

      O responsável pelo pedido explica que o objetivo da recomendação é constatar a boa-fé dos revendedores de combustível, identificar os motivos que levariam ao aumento, e verificar se todos os estabelecimentos estão aumentando os preços paralelamente – a chamada “formação de cartel”. Perguntado se a ação valerá em todo o território mineiro, Martins explica que a recomendação vigora apenas para os postos de Uberlândia, mas não descarta que essa atitude seja tomada em outras cidades do Estado.

       

      VIOLAÇÃO DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL

      Em nota enviada à reportagem, o Minaspetro – entidade que representa os cerca de 4.000 postos de combustíveis do Estado, sendo cerca de 144 em Uberlândia – afirma que “a necessidade de submissão dos preços da revenda de combustíveis ao crivo do Ministério Público representa flagrante violação à Constituição Federal”. O sindicato ressalta que a livre iniciativa é “um dos princípios da República”.

       

      O sindicato frisa que “não estima período para que determinadas baixas ou altas de preço dos combustíveis nas refinarias, aumento de impostos ou quaisquer decisões políticas ou de cunho comercial tenham impacto direto nas bombas”. Segundo a entidade, este não é seu papel sindical.

       

      ( Com informações d’O Tempo )

       


    • Mesmo com registros barrados, 1,4 mil candidatos vão concorrer sub judice
      21/09/2018 - 8:49:49


       

      Cerca de 1.400 políticos que tiveram seus registros barrados pela Justiça Eleitoral e recorreram da decisão poderão concorrer nas eleições 2018 com nome, foto e número na urna eletrônica. Para esses candidatos, a campanha continua até que o recurso contra o indeferimento seja julgado definitivamente.

       

      Nos casos de registros barrados, os votos são computados, mas não aparecem nos resultados oficiais até que todos os recursos sejam julgados. Se o candidato conseguir reverter a decisão, seus votos serão divulgados. A diplomação do político em caso de vitória também depende do deferimento de seu registro.

       

      Desse total, 12 disputam o cargo de governador, 26 de senador, 462 de deputado federal e 855 de deputado estadual. O levantamento foi feito pelo jornal ‘O Estado de S. Paulo’ com base em estatísticas do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) atualizadas até o início da noite de quinta-feira, 20. O número de candidatos sub judice deve cair nos próximos dias conforme os recursos forem sendo julgados pelo TSE e tribunais regionais eleitorais.

      GAROTINHO

      O caso mais emblemático é o de Anthony Garotinho (PRP), candidato ao governo fluminense que teve o registro indeferido em função de uma condenação do Tribunal de Justiça. A suspeita recai sobre desvios de R$ 234,4 milhões na área da saúde nos anos de 2005 e 2006, quando ocupava o cargo de secretário de Estado.

       

      O Rio lidera entre os Estados, com 338 políticos barrados que tentam reverter a decisão. São Paulo aparece em segundo lugar. No Estado, 232 candidatos tiveram seus registros indeferidos pelo Tribunal Regional Eleitoral.

       


    • Economia: Vereador propõe extinção da ‘Moção de Aplauso’ na Câmara
      20/09/2018 - 16:14:20


       

      Matéria divulgada na edição virtual do Jornal de Patrocínio conta que Ricardo Balila (PHS)  apresentou Indicação à Mesa Diretora para acabar de vez com a distribuição das ‘Moções de Aplausos’ pelos vereadores da Câmara Municipal.

       

      Pra quem não sabe, o suplente Balila está substituindo por 30 dias Marcilene Jacinto, que se afastou para disputar uma cadeira na ALMG. Fontes informaram ao MUOL que sua atuação legislativa tem agradado a cúpula do partido.

       

      Em sua justificativa, Balila afirmou que seu intuito é economizar, cortar os custos provenientes desse modus operandi (jargão utilizado pela segurança pública como sinônimo do modo de agir de um meliante), o que, segundo ele, geraria uma economia de mais de R$100 mil (Ô loko!!!).

       

      Balila revelou ao JP on line que o projeto já foi protocolado e tem a assinatura de 6 vereadores: dr. Ari (PSDB), Pastor Alaercio (PHS), Valtinho do Jandaia (PHS), Roberto Margari (PSC) e Joel de Carvalho (PP).

       

      SINAL AMARELO

      Em verdade, é verdade, todos os vereadores da Casa de Leis rangeliana poderiam observar essa indicação do Balila (que, claro, não será aprovada!) como um alerta, um sinal amarelo…

       

      Não é o sentido do reconhecimento contido na homenagem, mas sim o uso indiscriminado da ‘Moção de Aplauso’ (e de outros ‘títulos’) que acabou por banalizar as honrarias. E isso sim carece de uma análise mais profunda, despida de interesse pessoal, de vaidade.

       

      São tantas as Moções semanalmente distribuídas — e com justificativas tão dispersas e vagas — que o singelo ‘diploma’ quase sempre vai parar na gaveta ou em cima de um guarda-roupas de quem a recebe, desvalorizando sobremaneira a instituição denominada ‘Legislativo Municipal’.

       

      Com a classe política enfrentando um desgaste nunca antes visto em todos os seus níveis — federal, estadual e municipal –, o eleitor tem encarado com desconforto e desconfiança qualquer ação advinda dos poderes constituídos que venha envolvê-lo diretamente.

       

      E isto é um fato que precisa — mas ainda não foi — devidamente analisado.

       

      Sendo assim, o MAISUMONLINE torce para que da iniciativa radical do polêmico Balila possa até surgir uma ideia melhor. Algo que valorize o homenageado, mas que venha para diminuir o desgaste sofrido (e não é de hoje!) pela Câmara Municipal de Patrocínio.

       

      Vamos aguardar os acontecimentos..!

       

       


    • ACARPA divulga programação oficial da 26ª edição do Seminário do Café
      20/09/2018 - 14:39:45


       

      De 02 a 04 de outubro, Patrocínio-MG será mais uma vez cenário do Seminário do Café da Região do Cerrado Mineiro, no Parque de Exposições “Brumado dos Pavões”.

       

      Com uma diversificada programação, a versão 2018 tem como proposta aliar a tradição com inovações, gerar conhecimento, criar um melhor ambiente de negócios, democratizar e interagir os diversos públicos com foco na produtividade, qualidade e mecanização.

       

      Segundo o presidente da ACARPA, Fred Elias, o evento é realizado para um público estimado em 10 mil pessoas nos três dias. “Formatamos o Seminário a um nível nacional de feiras de café. Focados na produção, tivemos uma maior adesão junto a todos, palestrantes, cafeicultores, expositores, parceiros e patrocinadores. Buscamos otimizar os pontos positivos das edições anteriores e implantamos algumas inovações solicitadas pelos produtores.

       

      BUSCANDO O PROTAGONISMO

      A 26ª edição do Seminário do Café da Região do Cerrado Mineiro é para colocar de volta Patrocínio ao lugar de destaque e protagonismo na cafeicultura nacional. Vamos valorizar todos os produtores, os futuros profissionais, as mulheres e todos que vivem e amam a cadeia produtiva do café. Precisamos fomentar o sentimento de pertencimento à capital nacional do café”, diz.

       

      A programação oficial foi apresentada à imprensa em coletiva na última terça-feira, 17, onde o presidente, diretoria e colaboradores da ACARPA mostraram a abrangência e detalhes da moderna estrutura e a vasta programação.

       

      Os diversos palestrantes foram escolhidos a dedo para proporcionar relevantes discussões de fomento ao agronegócio café em âmbito nacional e internacional. Dentre estes, duas participações inéditas de especialistas renomados no assunto:

       

      JOEL SHULER – Nascido nos Estados Unidos e fundador da Casa Brasil Coffees, primeiro torrefador americano a focar exclusivamente em Cafés Especiais Brasileiros. Possui mestrado em Engenharia Agrícola pela UFLA – Universidade Federal de Lavras, com especialização em processos de pós-colheita do café.

       

      PAULA VAREJÃO – É jornalista e apresentadora do Programa de TV “TÁ NA HORA DO CAFÉ“ exibido pelo Canal MAIS GLOBOSAT

       

      EDIÇÃO 2018

      Troca de Café por produtos e serviços – Central de Negócios (TROCAFÉ ACARPA)

      Sorteio de Prêmios para quem fizer negócios.

      Coquetel de Premiação do Prêmio de Produtividade ACARPA (Convite especial)

      Palestras

      Painéis

      Workshops

      Cozinha Experimental – Espaço de Cultura e Gastronomia

      Circuito Mineiro da Cafeicultura (Dia de Campo)

      Exposição de empresas

      Estação SENAI

      Estação SENAR

      Espaço COOPA

      Espaço SEBRAE

      Premiação do Concurso de Qualidade de Cafés Fairtrade da APPCER

      Almoço para Agricultores Familiares (Convite especial)

      1º Encontro de Mulheres que inspiram o Cerrado Mineiro

      Cafeteria externa

      Homenagem a associados da ACARPA (visibilidade do café produzido)

       

      Saiba mais pelo 3831-8080 ou www.seminariodocafe.com.br

       

       


    • ‘Centrão’ abandona Alckmin e começa a fazer campanha para Bolsonaro
      20/09/2018 - 11:50:03


       

      Apesar de os caciques dos partidos que integram o “Centrão” (DEM, PP, PR, PRB e SD) estarem mantendo apoio oficial a Geraldo Alckmin, o candidato do PSDB à Presidência da República, nos estados se iniciou a debandada de deputados do bloco, que já fazem campanha para o candidato Jair Bolsonaro (PSL).

       

      O alerta já chegou à campanha do PSDB, pois até mesmo alguns deputados tucanos já evitam pedir votos a Alckmin e iniciam associação de imagem ao nome de Bolsonaro.

       

      Isso tem acontecido em praticamente todos os estados onde Bolsonaro lidera as intenções de voto nas pesquisas. Integrantes da campanha de Bolsonaro já são recebidos em vários locais por deputados de partidos do “Centrão”, como o PP, PR e SD, entre outros.

       

      Alckmin contava com essa estrutura pulverizada dos partidos do “Centrão” para fazer uma campanha ramificada nos estados mas, segundo relatos da campanha de Bolsonaro, deputados mudaram de lado e passaram a apoiar o candidato do PSL de forma pragmática porque sua imagem facilita a busca de votos para os que tentam a reeleição.

       

      A partir de agora, a campanha de Bolsonaro vai tentar diminuir a rejeição em ações específicas na região Nordeste do país e no eleitorado feminino, onde há a maior resistência ao candidato do PSL.

       

      A informação, publicada no G1, é do comentarista político da Globo News, Gerson Camarotti.

       

       


    • Gilmar Machado, ex-prefeito de Uberlândia é preso em operação do MP
      20/09/2018 - 9:36:51


       

      O ex-prefeito de Uberlândia e candidato à Câmara dos Deputados pelo PT, Gilmar Machado, foi preso preventivamente na manhã desta quinta-feira (20) na cidade do Triângulo Mineiro.

       

      O prisão faz parte da operação ‘Km de Vantagem’, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

       

      Além dele, também foi preso preventivamente Alexandre Andrade (PSB), que na época era secretário Municipal de Trânsito e Transportes. Ele também é candidato a deputado federal pelo PSB.

       

      A reportagem tentou contato com o Ministério Público de Uberlândia e de Belo Horizonte, com a assessoria do ex-prefeito e com a Polícia Federal, mas ainda não obteve retorno.

       

      A operação apura irregularidades em licitação de vans do município em 2014 e 2015. Carros do transporte escolar teriam a quilometragem adulterada para que pudesse arrecadar mais do município. As informações são do site G1.

       

      No total, estão sendo cumpridos cumpridos 30 mandados de prisão, dos quais 11 são prisões preventivas e 19, temporárias.

       

      SEGUNDA VEZ NO ANO

      Esta é a segunda fez que Gilmar Machado é preso neste ano.

       

      Em abril ele foi detido durante a Operação ‘Encilhamento’ da Polícia Federal (PF), durante investigações que apuravam irregularidades envolvendo a aplicação de recursos de institutos previdenciários em fundos de investimento.

       

      Na época, Machado e mais três pessoas — o ex-superintendente do Instituto de Previdência Municipal de Uberlândia (Ipremu), Marcos Botelho, e dois ex-integrantes do Comitê de Investimento do Ipremu, Cláudio Roberto Barbosa e Mônica Silva Resende de Andrade — foram indiciados por fraude do mercado financeiro, lavagem de dinheiro e fraude em licitação.

       

      Como a prisão foi em caráter temporário, Gilmar Machado vestiu o uniforme do ‘Chapolin Colorado’ mas ficou 10 dias na detenção. Agora, a prisão é preventiva, ou seja, não tem prazo definido para a soltura.

       

      ( ZEN com informações d’O Tempo )

       


    • Datafolha mostra Bolsonaro na frente, com 28%; Haddad em 2º, 16%, e Ciro 13%
      20/09/2018 - 9:24:52


       

      A disputa pelas duas vagas no segundo turno das eleições presidenciáveis está cada vez mais apertada.

       

      É isso que mostra a pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (20). Afastado das ruas após o atentado sofrido no dia 6 de setembro, Jair Bolsonaro segue como primeiro colocado, com 28% das intenções de voto. OI ex-prefeito de SP, Fernando Haddad — confirmado na vaga de Lula, que segue preso em Curitiba –, chega a 16%, em segundo.

       

      Ciro Gomes permanece em terceiro, com 13%, Geraldo Alckmin em quarto, com 9% e Marina Silva em quinto, com 7%.

       

      João Amoêdo (Novo) e Alvaro Dias (Podemos) estão 3%, cada, seguidos por Henrique Meirelles (MDB) que tem 2%. Vera Lúcia (PSTU) e Guilherme Boulos (PSOL) estão com 1%.

       

      Cabo Daciolo (Patriota), João Goulart Filho (PPL) e Eymael (DC) estão com 0%. Branco/nulos somam 12%, enquanto não sabe/não respondeu são 5%.

       

      A margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram entrevistados 8.601 eleitores em 323 municípios, entre os dias 18 e 19 de setembro. O nível de confiança é 95%. A pesquisa foi contratada pela TV Globo e pelo jornal Folha de São Paulo.

       

      ( Eleições 2018 / O Tempo )

       


    • Mais uma ponte de concreto com vigas metálicas é inaugurada na área rural
      19/09/2018 - 8:11:17


       

      Patrocínio ganhou no último sábado (15) a sua segunda ponte de concreto com vigas metálicas em sua zona rural. Dessa vez a comunidade beneficiada foi a dos Borges, no Distrito de São João da Serra Negra.  Por indicação do vereador Joel de Carvalho, a nova ponte, que substitui uma antiga e precária estrutura de madeira, leva o nome do saudoso produtor rural “Sebastião Batista Borges” histórico líder comunitário da região.

       

      ORGULHO EM FAZER AS COISAS BEM FEITAS

      Em seu discurso, o Prefeito Deiró Marra relembrou o trabalho do homenageado por aquela região e celebrou a importância e a melhoria para os produtores rurais que a nova ponte representa “A história mostra a hombridade, a firmeza e o caráter do Sr. Sebastião Borges, essa ponte mostra grandeza e a importância que ele teve para essa comunidade, passarão muitos anos e essa ponte ainda estará de pé assim como a memória dele, é muito gratificante fazer as coisas bem feitas para o povo” disse.

       

      Jorge Marra, secretário municipal de Obras Públicas, afirmou que a nova ponte, além de promover a ligação entre importantes regiões do município, irá gerar também um impacto positivo na economia, uma vez que o local é uma importante zona de produção de hortifrúti e a nova ponte permite um melhor escoamento dos produtos.

       

       

      JUSTA HOMENAGEM

      Autor da lei que deu nome à ponte, o vereador Joel de Carvalho explicou que escolheu o Sebastião Borges para ser homenageado pelos relevantes serviços prestados por ele à comunidade “Essa obra vai além das nossas divisas, é um benefício múltiplo também para a cidade de Guimarânia e também vai trazer desenvolvimento para a nossa cidade, Sr. Sebastião Batista Borges foi uma pessoa de suma importância para a região, tem uma família exemplar e foi um grande produtor rural e técnico agrícola que fez a diferença aqui na região, servindo ao próximo sempre de uma forma gratuita transmitindo seus conhecimentos, ficamos muito felizes de a família ter aceitado emprestar o nome dele para uma obra tão importante “ explicou o vereador.

       

      ATENDENDO TRÊS MUNICÍPIOS

      Cunhado do homenageado, o produtor rural Rubens Rocha agradeceu em nome da família a homenagem “O Sebastião foi um grande lutador por essa comunidade, estamos aqui quase na trijunção dos municípios de Guimarânia, Coromandel e Patrocínio e essa ponte serve a produtores de produtores rurais dessas três cidades, foi uma luta grande para fazer ela de madeira porque ela tem um vão muito grande agora feita de concreto é uma coisa feita para durar cem anos, por isso ficamos muito felizes com essa homenagem ao Sebastião que foi uma pessoa tão boa” afirmou.

       

      ( Ascom / PMP )

       

       


    • Vice-governador de Pimentel e 100 prefeitos do PMDB vão apoiar Anastasia
      19/09/2018 - 8:01:48


       

      Concorrente do PSDB ao governo de Minas Gerais, o senador Antonio Anastasia recebeu na segunda-feira (17) o apoio do vice-governador do Estado, Antônio Andrade (MDB), e de cerca de cem prefeitos peemedebistas. A aliança foi fechada mesmo com a legenda tendo um nome próprio para a disputa ao comando do Estado, o presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes.

       

      Com isso, o senador diz que, até o final da eleição, vai contar com o apoio de cerca de 750 dos 853 chefes dos Executivos mineiros.

       

      O ato foi realizado no escritório político do candidato ao Senado pela coligação Reconstruir Minas deputado federal Rodrigo Pacheco (DEM), na região Centro-Sul de Belo Horizonte. O parlamentar também recebeu o apoio do grupo. No início do ano, Pacheco havia saído justamente do MDB para pleitear a administração estadual, mas um acórdão nacional o obrigou a recuar e apoiar Antonio Anastasia.

       

      Anastasia — claro! — comemorou o racha, “Na política, nós aprendemos que o apoio é sempre bem-vindo. Esta ala capitaneada por Antônio Andrade é muito significativa pelo ponto de vista político e eleitoral. As lideranças municipais são muito importantes nessa eleição”, disse o candidato tucano.

       

      Aos jornalistas, Andrade afirmou que a “parte boa” do MDB vai acompanhar a campanha de Anastasia e Pacheco. Segundo ele, o MDB elegeu 167 prefeitos, e quase dois terços vão apoiar os dois nomes da chapa. Ainda segundo o emedebista, esse anúncio de aliança veio após conversas com a base do partido que, nas palavras dele, em sua maioria já apoiava os candidatos.

       

      Em julho, Andrade foi destituído do cargo de presidente do MDB de Minas pela executiva nacional. A ação foi articulada pela bancada de deputados emedebistas, que não aceitavam as ações dele à frente da sigla. Indagado se esse apoio era uma retaliação, o vice de Pimentel negou. “De forma nenhuma. A candidatura do Adalclever é ilegítima. Ela foi escolhida por meia dúzia de deputados estaduais e federais. Eles sentaram a portas fechadas e escolheram isso. Se o MDB tivesse um candidato pela base eu acompanharia”, declarou.

       

      ( O Tempo )


    • OPORTUNIDADE: Fórum da Comarca publica Edital para seleção de Estagiários
      19/09/2018 - 7:40:59


       

      Foi dado início a Seleção Pública de Estagiários de graduação em Direito para o Fórum de Patrocínio.

       

      Segundo o Edital nº 08/2018, o prazo para inscrição vai do dia 19 ao dia 27 de setembro, na Sala da Administração do Fórum.

       

      As provas serão realizadas no dia 30 de setembro, no Colégio Professor Olímpio dos Santos, a partir das 08h30.

       

      Serão disponibilizadas 8 vagas numa carga horária de 6 horas

       

      Como requisito, a organização do certame exige que o candidato esteja cursando do 4º ao 7º ano do Curso de Direito. O valor da bolsa que será repassada aos aprovados é de R$ 1.047,00.

       

      Mais informações podem ser obtidas pelo fone (34) 3839-9700. Clique no link abaixo para ler o Edital.

       

      Edital nº 08-2018

       

       


    • A tradicional promoção da ‘Moda Fina’ está de volta. Visite a loja e confira!
      18/09/2018 - 9:45:57