• IWEBIX Content Slider

    • MASSA DIZ EM OFÍCIO QUE NÃO VEM
      17/01/2007 - 0:00:00


      Felipe Massa, o piloto de Fórmula 1 que empresta seu nome ao Autódromo Municipal informou ao chefe do Executivo, através de ofício, que não vai comparecer à inauguração da pista, prevista para dia 7 de abril, no Coliseu Rangeliano, o famoso e popular Espaço Cultural. No documento, Massa alega que, no dia marcado, estará se preparando pra o Grand Prix do Barhein. A jovem revelação do automobilismo brasileiro será representada por um membro (no bom sentido, lógico!) da família. Há rumores que o patrocinense Joaquim Constantino Neto, patrono do Coliseu, também não comprarecerá ao evento.


    • SEGUNDO CCSPP, NOVA CADEIA TERÁ CONSTRUÇÃO IMEDIATA
      17/01/2007 - 0:00:00


      A presença do subsecretário de Administração Penitenciária do estado de Minas Gerais, Genilson Ribeiro Zeferino, no último sábado, 13, em Patrocínio anunciou várias conquistas, dentre elas, uma há muito tempo almejada pela comunidade: a construção da nova sede e transferência da Cadeia Pública do perímetro urbano. Em reunião com autoridades, ele confirmou o interesse do estado em celebrar uma parceria com o município para, de imediato, começar a construir a nova cadeia, junto a Penitenciária de Patrocínio. “Ela contará com a administração exclusiva do estado através dos agentes penitenciários sob comando do Major do Saulo. Com isso conseguiremos a liberação de todos os policiais militares para reintegrarem suas funções para o policiamento ostensivo, com o aumento efetivo de 10 a 15 policiais diariamente em nossa cidade”, enfatizou.


    • ATENÇÃO: FALSA NOTÍCIA SOBRE DESABAMENTO TRAZ VÍRUS
      17/01/2007 - 0:00:00


      Um hacker está usando uma página falsa de notícias do Terra para espalhar um vírus por e-mail. A mensagem chega com o título “Desastre Metrô, Guindaste desaba.” (sic) e explora o acidente na obra do Metrô no bairro paulistano de Pinheiros, ocorrido na última sexta-feira.


    • AGRADECIMENTO
      14/01/2007 - 0:00:00


      Tristeza, não!
      Saudades, sim!
      Edson, hoje, 29 de Setembro seria comemorado o seu aniversário, 78 anos. Mas, você ficou doente, sofrendo muito e Deus o levou para junto d’Ele, para aliviar suas dores e livrá-lo de tanto sofrimento.
      Seja feita a sua Santa Vontade, Pai!
      Eu sei que o Céu está em festa, cheio de Anjos e Santos, cantando parabéns pelo seu aniversário. Aí não existe tristeza e nem dores.
      Deus queria você perto d’Ele, pela sua bondade, pelo seu carisma de pai idolatrado, esposo e avô carinhoso. Nós o amamos muito.
      Choramos muito com sua partida.
      Nossos corações estão regados de lágrimas de dor e de saudades! Consola-nos a certeza de que hoje, você está bem e feliz.
      Diante deste doloroso transe, que fazer, senão conformarmos-nos com a vontade de Deus?
      Só ele pode nos consolar…
      A família do saudoso Edson Marques da Silveira sensibilizada, agradece a todos os amigos, médicos, colégios, pastoral da esperança, Padre Vinícios, Padre Olivar que nos confortaram com suas orações, que nos fizeram ver a presença de Deus na dolorosa passagem pela morte, as inúmeras visitas de pêsames, e todos aqueles que enxugaram nossas lágrimas de dor.
      Obrigada ao grande amigo José Eloi dos Santos Neto, que tão, sabiamente escreveu no “Jornal Mais 1″ sobre o caráter, o carisma e fez o perfil certinho do nosso querido e saudoso,
      ” Nenê do Gervásio”
      Saudades… muitas saudades!…
      Que sua alma, pela misericórdia de Deus descanse em paz.


    • MENTIRA
      14/01/2007 - 0:00:00


      É uma palavra feia até para escrever.
      Ela existe, mas não deveria, pois é a grande responsável pelas discórdias, pelas desordens em todos os setores da vida humana.
      Impede o bom entendimento, a harmonia e a confiança. A mentira corrompe, desacredita, degrada, destrói, mata.
      Ninguém acredita no mentiroso.
      Mas, ela tem uma grande rival: a sinceridade.
      A sinceridade é construtora da verdade, da concórdia, da ordem, da paz, pois:
      “O belo é o explendor da verdade”.
      A verdade resplandece, eleva, guia, enobrece e inspira sempre a maior confiança.
      A mentira sacrifica os ideais, mata as esperanças e sufoca as iniciativas.
      A sinceridade abre horizontes novos.
      A mentira cobre de trevas todos os ambientes.
      Onde impera a mentira, nasce a tristeza. A siceridade faz desabrochar a flor na mais pura alegria.
      Desculpem se ofendi alguém. Acho que não. A vida é tão bela, para que chorar?
      Sejamos felizes fazendo outros sorrirem…
      Abraços da amiga que lhe deseja todo o bem.


    • QUEM TE VIU… QUEM TE VÊ!
      14/01/2007 - 0:00:00


      Sete de abril é o aniversário de Patrocínio.
      Neste dia, mais do que os outros, sinto-me mais alegre, o bater do coração mais forte. Quem é patrocinense de verdade sente este êxtase diferente.
      Nasci, cresci e envelheci aqui.
      Lembro-me de meu primo, Pedro Alves do Nascimento, no programa do meio-dia, na Rádio Difusora, quando dizia, eufórico, “Patrocínio está crescendo… Patrocínio está crescendo!” Falava isso com toda a esperança, parecia um profeta. Sorrindo, via Patrocínio toda florida, casas lindas, prédios altos, os melhores carros, muitos hospitais, médicos, colégios bons, moças bonitas, tudo enchia-o de orgulho. Só mesmo ouvindo para crer o retrato vivo da cidade que ele sonhava.
      Obrigada pelo seu pensamento positivo. Obrigada, também, aos bons dirigentes da administração da cidade. Só por muito amor fariam esta transformação.
      Beijo, enternecida a tua bandeira.
      Gosto de minha terra, isto é, adoro-a!
      Parabéns, Patrocínio! Tú és mágica e tua
      varinha de condão é forte e guerreira!
      Te amo cada vez mais!


    • SILÊNCIO NA DOR
      14/01/2007 - 0:00:00


      Neste mundo tudo passa, menos a dor e a saudade. Naqueles que sofrem com sabedoria, no silêncio profundo de seus corações, porque este mundo é um vale de lágrimas que purificam as nódoas da dor.
      Sofrer com sabedoria é chorar sem perder a esperança.
      É sofrer com a vontade amorosamente submissa de fé em Deus.
      Há tantos corações que sofrem… sofrem no silêncio profundo, onde cantam as harmonias da dor.
      Felizes os que sofrem com amor, não se perdem os seus gemidos. Seus gritos não atordoam. Suas lágrimas se transformam em gotas de luz.
      É a poderosa força da esperança.
      Somente o amor ensina a sofrer em silêncio, que chora e padece no íntimo de cada coração. A dor do silêncio nos purifica, eleva, espiritualiza e nos santifica.
      Só Deus nos dá a força poderosa que nos consola.
      É assim a dor da perda de um ente querido. É uma saudade que vai… Outra saudade que vem!..
      Tudo passa… só Deus fica…Eternamente!


    • EVANGELIZANDO
      14/01/2007 - 0:00:00


      Nossa vida pertence a Deus. Nada melhor do que nestes dias aproveita-las para evangelizar. Fechemos nossos olhos, elevemos nossos pensamentos a Deus, já é tempo de agradecer tudo o que temos, tudo o que somos e deu-nos tudo para sermos felizes. Achei muito bonita a “oração do idoso” escrita pelo Pe. Eduardo e desejei transcrevê-la para o Jornal Mais “1”. É linda, e faço como se fosse minhas estas palavras:
      “Bem-aventurado aquele que compreendem meus passos vacilantes e minhas mãos tremula.
      Bem-aventurados os que levam em conta que meus ouvidos captam as palavras com dificuldade, e, por isso, procuram falar mais alto e pausadamente.
      Bem-aventurados os que percebem que meus olhos já estão nublados e minhas reações são lentas.
      Bem-aventurados os que nunca me dizem: você já me contou isso inúmeras vezes.
      Bem-aventurado o que desviam o olhar simulando não ter visto o café que por vezes derramo sobre a mesa.
      Bem-aventurados os que sorriem e conversam comigo. Bem-aventurados os que sabem dirigir a conversa e as recordações para as coisas dos tempos passados.
      Bem-aventurados todos aqueles que me dedicam afeto e carinho fazendo-me assim pensar em Deus.
      Bem – aventurado os que me ajudam a atravessar a rua e não lamentam o tempo perdido que m dedicam.
      Bem aventurados os que me fazem sentir que sou amado e não estou abandonado tratando-me com respeito.
      Bem aventurados os que compreendem quanto me custa encontrar força para carregar a minha cruz.
      Bem aventurados os que amenizam os meus últimos anos sobre a terra!…”
      Amém.
      Para os queridos leitores do Jornal Mais 1 me ajudarem Evangelizar também…


    • PALAVRAS QUE MACHUCAM…
      14/01/2007 - 0:00:00


      Há momentos em que vale muito mais o silencio do que qualquer palavra.
      É preciso saber falar.
      A palavra que se mede para não ser pronunciada é aquela que custa muito.
      Significa um domínio da própria língua.Coisas bem diferentes: ter capacidade de falar e saber falar: o bom uso da inteligência, o império da vontade, o controle da imaginação a elevação do espírito, a pureza do coração.
      Quando existe harmonia no equilibrado uso das faculdades mentais, então é que se consegue medir a palavra para que ela não seja pronuncia, para não feris, para não magoar, para não humilhar.
      O fogo da cólera deixaria de existir…
      Quantos mal entendidos, quantos ódios, quantas ironias, quantas injúrias, quantas traições seriam evitadas se fosse medida a palavra, ante de ser pronunciada. Seria ódio, desamor, inveja?
      E pelo contrario, quanta paz, quanta alegria, quanto amor, quanto entusiasmo, quanto otimismo se pode conseguir no saber falar.
      Supõe, então, o domínio da própria língua.
      Lembrei-me da frase de ” O pequeno Príncipe” quando escreveu e, seu livre ” Saint Exuperit”: “Eu te tornas, eternamente, responsável para aquilo que cativas…ou magoas… eu acrescento.
      Não achas que é melhor um sorriso silencioso do que magoar alguém?
      Pense nisto; aprenda a falar com calma, pois tudo ocorre para o Bem, quando se tem Deus no coção.
      Perdoe-me se ofendi alguém, mas eu preciso EVANGELIZAR!


    • DOCE MÃEZINHA
      14/01/2007 - 0:00:00


      Estes dias são mais abençoados por todos porque há mais orações, preces, há mais alegria no coração, doçura no olhar. É como o desabrochar de uma flor no jardim de cada lar.
      Cobre-se de gloria o lar mais pobre e mais humilde. Uma flor… uma prece… um olhar… um carinho… um abraço. Seja simples ou rico o lar; não importa. O coração de mãe é um só.
      É ternura e carinho. É dedicação e paciência. È devotamento e zelo. É benção e doação. É uma festa de amor em todos os lares celebrando a festa da maternidade. O dia das mães é tudo quanto de mais belo existe para o coração do filho. É o dia do Amor!
      Afinal, quem es tu, Mãe?!
      Já analisei-a com todos os predicados e não encontrei nenhum deles para significar bem a tua santidade, teu amor por nós.
      Viva, não lhe sabemos dar valor. Morta, tudo dariamos para vê-la de novo e dela receber um aperto de seus braços um beijo de seus lábios .
      Eis, porque em nome de todas as mães vivas e falecidas fazemos a homenagem de louvor e gratidão.
      Mãezinha do Céu, perdoe-me por não ter feito mais feliz, mas amo-te mais ainda. Saudade… muita saudade!
      Sei que estás muito feliz por que estás junto de Deus.
      A mãe é a mão que conduz, o anjo que vela, a mulher que ora na esperança que seus filhos alcancem Felicidade e Paz!


    • CHEGOU A HORA
      14/01/2007 - 0:00:00


      Quando a tarde está para cair…
      Quando a dor nos visita…
      Quando as noites são traições demais…
      Quando a dor da ausência nos sufoca o peito
      Quando Há duas realidades: a vivida e a sonhada…
      Quando não há mais respostas para as perguntas…
      Quando as flores já não têm o mesmo perfume…
      Quando o sorriso de uma criança não nos encanta mais…
      Quando o corpo se prostra e o sono não vem…
      Quando os pesadelos nos assaltam a mente…
      Quando a ciência entra e a fé se cala…
      Então, sim! Chegou a hora de pedir
      SOCORRO!
      É noite!
      Noite escura meio triste. Ouço o terço da Misericórdia.
      Algo diferente acontece.
      Abro a minha bíblia e cai justamente em Isaias 43, onde leio uma maravilhosa declaração de amor do próprio deus…
      “Porque es precioso a meus olhos,
      Porque eu ti aprecio e te amo,
      Troco reinos por ti
      Entrego nações em troca de ti.
      Estejas tranqüilo, pois estou contigo”.
      Lagrimam silenciosas rolam em meu rosto.
      Envergonhada, eu clamo:
      Perdão, senhor! Eu também te amo!
      Chegou a hora da libertação.
      Chegou a hora de evangelizar; pois mesmo nas noites escuras e longas sinto a mão de deus que me levanta e dá coragem…


    • MEDO? POR QUE?
      14/01/2007 - 0:00:00


      Por que medo da vida
      Se ela é milagre da gratuidade…
      Medo da sombra…
      Se ela é caminho da luz!
      Medo do outro…
      Se ele é imagem de Deus!
      Medo do espelho…
      Se ele reflete a verdade.
      Medo do hoje…
      Se ele é apelo do eterno!
      Medo do além…
      Se ele foi trampolim para o presente
      Medo do amanhã…
      Se ele é promessa de nascimento!
      Medo do amor…
      Se ele é o sol da vida!
      Medo da lágrima…
      Se ela é fonte de pureza!
      Medo da saudade…
      Se ela é a esperança do infinito!…
      Medo do silêncio…
      Se ele é a linguagem da prece!
      Medo do abandono…
      Se o amor é para sempre!
      Por que medo de Deus?…
      Se Ele é a plenitude do amor!…
      Esta é uma mensagem que todos deveriam lê-la.
      Achei-a muito confortante, principalmente para quem está desanimado. Levanta o nosso ânimo. É já bem conhecida e pensei em você. Leia-a de novo e sinta suas forças renovarem.
      Deus deu-nos tudo, pronto. A lágrima, a saudade, o amor tudo é nosso! Por que ter medo?