• IWEBIX Content Slider

    • Professor Gilberto Pereira de Souza assume direção do Colégio Olímpio dos Santos
      20/09/2017 - 10:55:24


       

      Uma boa novidade na educação mel rangeliana!

       

      Atendendo convite do prefeito Deiró Marra, o professor Gilberto Pereira de Souza assumiu a diretoria do Colégio Municipal Professor Olímpio dos Santos na última segunda-feira (18). Ele substitui a professora Elisa Helena da Cunha, nomeada em 11 de janeiro para a direção da escola.

       

      Com 14 anos de serviços prestados à educação rangeliana — sempre com zelo, dedicação e competência — dos quais mais de 9 anos a frente da Escola Estadual Liria Capuano, no CIAAP, Gilberto pediu a exoneração do Estado na última sexta (15) assumindo a direção de um colégio municipal que é referência em Patrocínio.

       

      Bom demais!

       

      ( ZEN )

       


    • Médico neurocirurgião da Santa Casa de Patrocínio explica a epilepsia
      20/09/2017 - 10:43:15


       

      A epilepsia é uma doença que se caracteriza por uma facilidade em sofrer uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro, manifestada por crises epilépticas repetidas.

       

      Dr. Gustavo Martins Zola Santiago, neurocirurgião da Santa Casa de Patrocínio, explica que o cérebro humano pode ser comparado a uma rede elétrica, e essa alteração ocorre quando os neurônios (células que compõe o cérebro) de algumas regiões do córtex cerebral sofrem perturbações que levam ao aparecimento de zonas instáveis, propensas a ser foco de um “curto-circuito”. Este pode ficar localizado ou propagar-se para outras áreas do cérebro, levando o paciente a experienciar os sintomas da ativação de cada uma destas regiões, experienciando a crise epilética.

       

      Os sintomas variam de acordo com a função da região cerebral ativada, destacando-se: manifestações motoras, sensitivas, complexas, perda de consciência e perda do tônus postural, que pode gerar quedas. O tipo de crise epiléptica mais comum é a crise convulsiva que significa uma crise epiléptica com manifestação motora. O médico alerta que as crises recorrentes podem causar a morte de neurônios, gerando sequelas cognitivas; pode levar a quedas, acarretando traumatismos; e também culminar no surgimento de novas zonas irritativas, que tornam o controle da doença mais difícil.

       

      O neurocirurgião explica que as crises epiléticas podem ser primárias, quando há uma instabilidade nessa “rede elétrica”, focal ou difusa, mas não perceptíveis em exames de imagem; ou secundárias, quando há um fator específico que gera a irritação no córtex cerebral, por exemplo: tumores, massas, malformações, infecções, sangramentos, cicatrizes etc.

       

      Independente do tipo (primária ou secundária) o tratamento inicial desta patologia é sempre realizado com medicamentos Anti-Epilépticos, que diminuem a epileptogênese, ou seja, a atividade das zonas irritativas. Existem inúmeras medicações disponíveis no mercado, que atuam através de mecanismos farmacológicos diferentes.

       

      O neurocirurgião explica que em casos refratários, em que o paciente passa a não responder mais a medidas medicamentosas, é indicado tratamento cirúrgico. O tipo de cirurgia varia caso a caso, de acordo com o mapeamento das zonas irritativas. Basicamente elas consistem em remover ou desconectar cirurgicamente as zonas atingidas do restante do cérebro.

       

      Dr. Gustavo atende no Centro Médico da Santa Casa de Patrocínio, através do telefone 34 3515 2549.

       

      Santa Casa de Patrocínio, saúde é a nossa razão de ser! 34 3839 1000.

       

       


    • Minas inicia hoje o período do vazio sanitário para o feijão e o algodão
      20/09/2017 - 9:03:58


       

      Começa hoje (20/9) o período do vazio sanitário do feijão e do algodão nas lavouras mineiras. A  iniciativa é do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) e tem o  objetivo de prevenir e erradicar nas plantações a ocorrência das pragas do bicudo do algodoeiro, no caso do algodão, e do mosaico dourado e da mosca branca, no caso do feijão.

       

      As três pragas têm potencial para causar prejuízos nas plantações. No caso do algodão pode até mesmo inviabilizar o cultivo numa região inteira. No feijão, o mosaico dourado e a mosca branca causam perdas na produção e produtividade das lavouras.  Para este ano o IMA estima realizar 170  fiscalizações nas lavouras das duas culturas.

       

      Nos dois casos, durante o período do vazio sanitário os produtores ficam proibidos de cultivar as duas culturas e de manter plantas vivas ou remanescentes de safras anteriores.  Para ambas as culturas o IMA  permite  durante o vazio o plantio em algumas áreas para pesquisa e produção de sementes genéticas.  Permite também o cultivo de sementes básicas, originadas da multiplicação de sementes genéticas.

       

      FEIJÃO

      O vazio sanitário para o feijão foi adotado em Minas em 2013 e é realizado simultaneamente com o  Distrito Federal e Goiás, que fazem fronteira com o estado, o que potencializa os resultados positivos da medida. Ele dura 30 dias com início em 20 de setembro e prosseguindo até 20 de outubro. É realizado somente na região Noroeste de Minas, nos municípios de Arinos, Bonfinópolis de Minas, Brasilândia de Minas, Buritis, Cabeceira Grande, Chapada Gaúcha, Dom Bosco, Formoso, Guarda-Mor, João Pinheiro, Lagoa Grande, Natalândia, Paracatu, Riachinho, Unaí, Uruana de Minas, Urucuia e Vazante.

       

      A decisão de estabelecer o vazio para essa região é da Câmara Técnica de Defesa Agropecuária da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e atende a reivindicação dos produtores locais. Isso porque a região é um importante polo produtor e os agricultores querem prevenir-se contra a presença da praga do mosaico dourado nas lavouras.

       

      Minas Gerais é o segundo maior produtor nacional de feijão com 542 mil t/ano, correspondente a 16% do total nacional. A região Noroeste de Minas, onde ocorre o vazio sanitário, concentra a maior produção do estado, com 210 mil t /ano, o equivalente a 38% da produção mineira, de acordo com dados da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa).

       

      ALGODÃO

       Já o vazio sanitário do algodão vale para as plantações de todo o estado é realizado desde 2009 por um prazo de 60 dias, iniciando em 20 de setembro e prosseguindo até 20 de novembro.  A produção mineira de algodão se concentra nas regiões do Triângulo, Alto Paranaíba, Noroeste e Norte. Minas Gerais ocupa a sexta posição nacional no cultivo de algodão, de acordo com a Seapa.

       

      AUMENTO DA PRODUTIVIDADE

      O produtor de algodão da cidade de São Romão, região Norte de Minas, Marcos Bruxel, frisa que o vazio sanitário é importante para o aumento da produtividade da cultura, haja vista que, com a medida, há diminuição da incidência de praga. “O bicudo do algodoeiro é um problema que deve ser combatido todo ano. Se não cuidarmos, a praga pode  inviabilizar a plantação. O vazio sanitário é imprescindível para combater a praga”, ressaltou Bruxel, que cultiva algodão em uma área de 2 mil hectares.

       

      O produtor de feijão na cidade de Unaí, José Carlos Ferigolo, reconhece que o vazio sanitário continua sendo a medida mais eficiente para o controle das pragas. “É uma ferramenta eficaz que dispomos para conviver com a mosca branca, principal praga que acomete as plantações de feijão. O vazio sanitário é uma necessidade importantíssima para o controle desta praga, pois quebra o ciclo da mosca branca, diminuindo o volume de insetos”, diz.

       

      MULTAS

      O gerente de Defesa Vegetal do IMA engenheiro agrônomo Nataniel Diniz Nogueira explica que durante o vazio sanitário as propriedades rurais cadastradas no IMA ficam sob vigilância dos fiscais da autarquia.  Caso sejam detectados quaisquer tipos de inconformidades durante as fiscalizações realizadas pelo IMA o produtor é notificado e tem um prazo máximo de dez dias para erradicar as plantas presentes na propriedade.

       

      “As fiscalizações realizadas pelo órgão representam a garantia de que os produtores rurais estão cumprindo o vazio sanitário para essas duas culturas”, disse.  Diniz lembra que os produtores que não regularizarem sua situação após a notificação estarão sujeitos a multa que poderá  chegar a 1.500 Unidades Fiscais do Estado de Minas Gerais (Ufemgs) , o equivalente a   cerca de R$ 4.877,01.

       

      “O cumprimento do período do vazio traz  benefícios para os produtores, com a redução dos ataques das pragas e diminuição da quantidade de agrotóxicos utilizados para fazer o controle das mesmas. Esse procedimento contribui para o aumento da renda dos produtores, que gastarão menos com o uso de produtos químicos”, argumenta. “A estimativa é de redução em 20% na quantidade de agrotóxicos utilizada nessas duas culturas a partir do vazio sanitário”, disse.

       

      ( Assessoria de Comunicação / Instituto Mineiro de Agropecuária )

       

       


    • Lideranças patrocinenses participam de recepção a Rodrigo Maia em Uberaba
      20/09/2017 - 8:57:56


       

      Acompanhado do superintendente do Daepa, Vanderley Marra, e do secretário de Meio Ambiente, Caio Veloso, o assessor de imprensa da prefeitura de Patrocínio, Marcio Oliveira — membro da comissão provisória do PSD rangeliano — esteve em Uberaba na semana passada, para prestigiar a recepção ao presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, naquela cidade.

       

       

      Ladeado por outra liderança estadual de peso e medida, o deputado federal Marcos Montes (PSD/MG), Maia foi diversas vezes aclamado ‘presidente da República’ na capital do Zebu.

       

      Em verdade, é verdade, nos bastidores do encontro, especulava-se que o presidente da Câmara Federal dará prosseguimento as novas denúncias contra Michel Temer (PMDB) e, com o atual presidente cassado, teria a oportunidade de ocupar a cadeira presidencial no Palácio do Planalto.

       

      Há quem garanta que, na possibilidade de Rodrigo Maia ‘virar’ presidente do Brasil, Marcos Montes passe a fazer parte do staff de ministros de governo e, de imediato, ganha o estofo necessário pra disputar o governo de Minas com boas chances de vitória.

       

      Vamos aguardar os acontecimentos…

       

       

       


    • Por 238 votos a 205, Câmara rejeita mudar sistema eleitoral para distritão
      20/09/2017 - 8:14:57


       

      A Câmara dos Deputados rejeitou, na noite desta terça-feira, 19, o chamado ‘distritão’ como modelo de transição em 2018 e 2020, para o sistema distrital misto em 2022. Para começar a valer, a proposta precisava de 308 votos, mas só teve 205 favoráveis e 238 contrários.

       

      O próximo ponto a ser analisado pelo deputados é a criação de um fundo eleitoral público. O valor fixado inicialmente, na proposta de Vicente Cândido (PT-SP), de R$ 3,6 bilhões, foi derrubado em uma votação anterior na Casa, mas não foi analisado o mérito do fundo.

       

      O modelo determina determina que serão eleitos para o Legislativo os candidatos com mais votos em cada Estado, como ocorre hoje para a eleição de senadores e dos cargos do Executivo, como prefeitos, governadores e presidente.

       

      Hoje, funciona o modelo de sistema proporcional, em que os eleitos são definidos a partir da soma do número de votos de todos os candidatos e da legenda. O quociente eleitoral é resultado da divisão do número de votos pelo número de assentos a preencher.

       

      A Proposta de Emenda à Constituição que prevê o distritão e a criação de um fundo público eleitoral, de relatoria do deputado Vicente Cândido (PT-SP), foi aprovada na comissão especial no fim de agosto. Desde então, lideranças buscavam consenso acerca das propostas. A PEC chegou a ir para votação no plenário mais de uma vez, mas foi adiada, por falta de consenso.

       

      ( Agência Estado )


    • Pesquisa na UFU mostra plantas do cerrado como alternativa para pressão alta
      19/09/2017 - 17:40:30


       

      As doenças cardiovasculares, como ataque cardíaco e derrame, são as enfermidades que mais matam em todo o mundo, conforme relatório da Organização Mundial da Saúde. A hipertensão arterial, popularmente conhecida como pressão alta, é uma patologia crônica do sistema cardiovascular e um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de outras doenças cardiovasculares, sendo causadora de tantas mortes.

       

      A pesquisadora Cristina R Fürstenau, docente do Curso de Bacharelado em Biotecnologia da UFU em Patos de Minas, desenvolve desde 2013 uma pesquisa para conseguir complementar o tratamento da doença. Em Patos de Minas, a pesquisa mostrou que plantas bem comuns em nossa região podem complementar o tratamento tradicional da hipertensão.

       

      De acordo com a docente, a pressão alta atinge em torno de 30 milhões de brasileiros. Sem apresentar sintomas e, na maioria das vezes, de causa desconhecida, a torna extremamente perigosa e um importante foco de estudo para os pesquisadores. A utilização de plantas para o tratamento de enfermidades está presente desde os primórdios da humanidade.

       

      O reconhecimento dos compostos bioativos e das vias celulares, entretanto, ainda permanece ignorado e vem despertando, de maneira crescente, o interesse de cientistas de todo o mundo. A professora destacou que tanto patologias mais simples, como dores estomacais e resfriados; como outras mais complexas, como diabetes, câncer e pressão alta, podem ser tratados com produtos naturais de plantas.

       

      CERRADO, FONTE DE REMÉDIOS NATURAIS

      O Cerrado brasileiro representa o segundo bioma do país e se estende por vários estados do Brasil, incluindo Minais Gerais. Tal formação geográfica exibe uma riquíssima biodiversidade, com destaque para a variada flora. Babaçu, guariroba, araçá, jatobá, pequi, ingá, mangaba, araticum e muitas outras espécies são encontradas no Cerrado. Diferentes estudos vêm demonstrando as propriedades biológicas das plantas do Cerrado, atuando especialmente como anti-inflamatórios e antioxidantes naturais.

       

      O grupo de Bioquímica Vascular da Universidade Federal de Uberlândia, campus Patos de Minas, vem se dedicando a investigar o potencial anti-hipertensivo de tais espécies vegetais. Cristina informou que atualmente o grupo é formado por ela, como coordenadora do laboratório e supervisora dos estudos, seis alunos de graduação, uma mestranda e uma técnica de laboratório. Dessa forma, extratos obtidos de pequi, sangue-de-Cristo, mangaba e guabiroba vêm sendo testados sobre enzimas específicas, envolvidas no controle da pressão arterial, no plasma e nos vasos sanguíneos de modelos animais e celulares, respectivamente.

       

      RESULTADOS PROMISSORES

      Os resultados têm se mostrado bastante promissores e, além de contribuir para a formação de recursos humanos, vêm elucidando de maneira importante os benefícios popularmente reconhecidos dessas plantas, substanciando efetivamente seu uso como completo no tratamento da pressão alta. Ela ainda destacou que todos os dados obtidos foram gerados na UFU campus Patos de Minas, evidenciando, mais uma vez, a iminência do referido campus em se tornar um polo de pesquisa de alto impacto na região.

       

      Cristina ainda explicou que o trabalho procura dar uma base científica para aquilo que já é utilizado popularmente. “Então, por exemplo, as pessoas fazem infusões com a raiz de sangue de Cristo e bebem, observando diferentes efeitos benéficos como antiinflamatórios, antioxidantes e outros. Nós apostamos que essa planta em especial tenha efeito antihipertensivo também”, ressaltou.

       

      Ela ainda salientou o objetivo do trabalho feito pelos pesquisadores. “Na Universidade, fazemos pesquisa básica, o que significa que, futuramente, as indústrias farmacêuticas podem usar nossos resultados para produzir um novo medicamento. Mas hoje não temos uma via de administração para sugerir. Temos resultados científicos mostrando que as infusões ingeridas pela população têm efeito porque contém um alto conteúdo de moléculas antioxidantes capazes de regular a pressão arterial, que é o foco do nosso estudo”, concluiu.

       

      ( Patos Hoje )

       


    • Em pesquisa estimulada, Lula tem 32,4%, Bolsonaro 19,8% e Marina 12,1%
      19/09/2017 - 14:51:47


       

      O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) venceria as eleições presidenciais em todos os cenários, mostra pesquisa CNT/MDA divulgada nesta terça-feira (19) pela Confederação Nacional dos Transportes (CNT). O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ) aparece em segundo lugar em todos os cenários testados.

       

      Segundo o levantamento, Lula teria hoje 20,2% das intenções de voto espontânea para presidente, ante 16,6% no levantamento CNT/MDA divulgado em fevereiro deste ano. Em seguida, aparecem Bolsonaro, com 10,9% (ante 6,5% em fevereiro); seguido pelo prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), com 2,4% (ante 0,3% em fevereiro).

       

      Doria aparece na frente até mesmo da ex-senadora Marina Silva (Rede) e de seu padrinho político, o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB). Se as eleições fossem hoje, Marina teria 1,5% das intenções de votos espontânea, ante 1,8% em fevereiro, enquanto o governador paulista teria 1,2%, ante 0,7% no levantamento anterior.

       

      O ex-ministro Ciro Gomes (PDT) aparece em sexto lugar, com apenas 1,2% das intenções de voto espontânea, seguido pelo senador Álvaro Dias (Podemos -PR), com 1%; pela ex-presidente Dilma Rousseff (PT), com 0,7%; pelo atual presidente Michel Temer (PMDB), com 0,4%. O senador Aécio Neves (PSDB-MG), aparece em último, com 0,3%.

       

      A soma de brancos/nulos ou indecisos chega a 48,2% das intenções de voto em setembro, ante 67,8% em fevereiro. Esses valores têm como base a consulta de intenção de voto espontânea, quando não é apresentado nenhum nome aos entrevistados

       

      No cenário de consulta estimulada, quando os nomes dos candidatos são apresentados aos entrevistados, Lula também lidera nos três cenários da pesquisa com três diferentes candidatos do PSDB. No primeiro, contra Aécio, Lula tem 32,4%, seguido por Bolsonaro, com 19,8%; Marina Silva, com 12,1%; Ciro, 5,3% e Aécio, com 3,2%.

       

      No segundo cenário, em que o candidato seria o atual governador de São Paulo, Lula tem 32% das intenções de voto, seguido por Bolsonaro, com 19,4%; Marina Silva, com 11,4%, Alckmin, com 8,7%; e Ciro, em último lugar, com 4,6%. No cenário com Doria como candidato, Lula tem 32,7%; Bolsonaro, 18,4%; Marina, 12%; Dória, 9,4% e Ciro, 5,2%.

       

      2º TURNO

      Se as eleições presidenciais ocorressem agora, num eventual segundo turno, Lula venceria em todos os cenários, de acordo com pesquisa. De acordo com o levantamento, o adversário mais competitivo em 2018 seria o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ). Neste cenário, Lula venceria com 40,5% contra 28,5% do parlamentar.

       

      O porcentual de Bolsonaro é próximo, contudo, do conquistado por Marina Silva (Rede), a segunda adversária mais competitiva diante do ex-presidente. Ela ficaria com 25,8% ante 38,9% do petista. Marina apresentou uma queda, contudo, em relação ao último levantamento. Em fevereiro, ela tinha 27,4% contra 38,9% do petista, num eventual segundo turno.

       

      O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), seria o candidato mais competitivo do PSDB, à frente do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB-SP). Doria teria 25,2% contra 41,6% das intenções de voto de Lula. Já Alckmin alcança 23,2% da preferência contra 40,6% do petista.

       

      O senador Aécio Neves (PSDB-MG) tem o pior desempenho contra Lula, entre os possíveis candidatos tucanos. O mineiro atinge 14,8% na pesquisa contra 41,8% do candidato do PT. Esses valores têm como base a intenção de voto estimulada.

       

      A 134ª pesquisa CNT/MDA foi realizada entre os dias 13 e 16 de setembro. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades federativas, das cinco regiões. A margem de erro é 2,2 pontos percentuais, com 95% de nível de confiança.

       

      REJEIÇÃO

      Condenado pelo juiz Sergio Moro e alvo de várias denúncias no âmbito da operação Lava Jato, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) tem a menor rejeição entre os prováveis candidatos à Presidência da República testados pela pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta terça-feira pela Confederação Nacional do Transporte (CNT). Os números levam em conta apenas os entrevistados que dizem conhecer o respectivo candidato e revela que todos têm rejeição superior a 50%.

       

      Neste caso, o levantamento feito pela instituição aponta que a rejeição de Lula é de 50,8%, contra 52,2% do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), o segundo colocado. A rejeição de Marina Silva (Rede) está no mesmo patamar que a de Bolsonaro, também em 52,2%. Em seguida aparecem o prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), com 53,6% de rejeição; Geraldo Alckmin (PSDB), com 56%; Ciro Gomes (PDT-CE), com 64,2%.

       

      Atingido pela delação da JBS, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) é o possível candidato com o pior índice “potencial negativo”, como a CNT/MDA denomina a chamada rejeição dos candidatos. O mineiro é rejeitado por 72,5% dos entrevistados.

       

      A 134ª pesquisa CNT/MDA foi realizada entre os dias 13 e 16 de setembro. Foram ouvidas 2.002 pessoas, em 137 municípios de 25 unidades federativas, das cinco regiões. A margem de erro é 2,2 pontos porcentuais, com 95% de nível de confiança.

       

      ( Agência Estado )

       

       


    • Dobrando a meta: PT de Minas quer Dilma na disputa para Senado em 2018
      19/09/2017 - 9:33:25


       

      A ex-presidente Dilma Rousseff pode ser candidata ao Senado por Minas Gerais. Nascida em Belo Horizonte, mas com atuação política em Porto Alegre (RS), Dilma já foi oficialmente procurada pela direção do PT mineiro para tratar do assunto. De acordo com a presidente da legenda no estado, Cida de Jesus, a ex-presidente tem pontuado bem para a disputa pelo Senado nas pesquisas internas.

       

      Para disputar um cargo em Minas, Dilma tem que mudar o domicílio eleitoral para o estado, já que seu título está registrado em Porto Alegre, cidade onde ela mora desde o impeachment, em agosto do ano passado.

       

      De acordo com o calendário da Justiça Eleitoral, o prazo para a mudança do domicílio eleitoral para quem pretende disputar as eleições em 2018 vence no próximo dia 2, um ano antes da data prevista para a disputa eleitoral.

       

      ELEIÇÃO DE 2 SENADORES

      Ano que vem os mineiros vão eleger dois senadores, já que vence mandato de oito anos dos atuais representantes do estado, Aécio Neves (PSDB) e Zezé Perrella (PMDB). A possibilidade de participar de uma disputa para o Senado já foi cogitada pela ex-presidente em entrevista concedida a uma agência internacional em fevereiro.

       

      “Não serei candidata a presidente da República (…) Agora, atividade política, nunca vou deixar de fazer (…) Não afasto a possibilidade de me candidatar para esse tipo de cargo: senadora, deputada, esses cargos”, declarou à AFP. Caso isso aconteça, a disputa Dilma versus Aécio Neves, que marcou o segundo turno das eleições presidenciais de 2014, pode ser reeditada, já que o senador tucano deve também ser candidato a mais um mandato.

       

      ( EM )

       


    • Pesquisa mostra: Metade dos eleitores não sabe em quem votar em Minas
      19/09/2017 - 9:24:27


       

      Metade dos eleitores de Minas Gerais (51%) não sabe em quem votar ou pretende votar em branco e nulo na corrida pelo governo estadual. O dado consta de pesquisa do instituto Quaest, o último levantamento sobre a disputa pelo Palácio da Liberdade.

       

      O número mostra um amplo leque de possibilidades para pré-candidatos e partidos políticos. São 34% aqueles que pretendem anular o voto. E 17% que ainda não sabem quem escolher. Na prática, um percentual considerável daqueles que pretendem anular ainda pode declarar voto em um dos candidatos, mas só o deve fazer em período próximo à eleição.

       

      DOIS CENÁRIOS

      O instituto Quaest testou dois cenários na pesquisa. Um deles com o senador Antonio Anastasia (PSDB) e outro sem ele. O interessante é que nenhum dos dois cenários traz o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PHS). Nos bastidores, o prefeito não deve disputar. Porém, como em levantamentos de outros institutos ele aparece bem posicionado (na segunda colocação) e tem como característica a imprevisibilidade, não seria de se descartar, ainda, o nome dele nas pesquisas.

       

      Fernando Pimentel (PT) lidera o cenário mais provável, sem Anastasia, com 23% das intenções de voto. É líder, mas poderia estar melhor posicionado, tendo em vista que tenta a reeleição. O PT tem percentual histórico de 30% nas eleições. Pimentel está abaixo inclusive do percentual de votos que deu o cargo a ele. O governador foi eleito com 53% dos votos válidos. Perdeu eleitor, portanto.

       

      Entretanto, Pimentel não está em situação ruim, pois ainda não existem adversários consolidados para enfrentá-lo. Marcio Lacerda, ex-prefeito de Belo Horizonte filiado ao PSB, é o segundo colocado na pesquisa com 11% das intenções de voto.

       

      O problema de Lacerda é conseguir uma rede de partidos para entrar bem na disputa. Uma alternativa seria a união com Dinis Pinheiro (PP), pré-candidato que conta com o apoio dos tucanos e tem 3% da preferência do eleitor.

       

      MEDIOLLI E ANASTASIA

      No páreo está ainda o prefeito de Betim, Vitorio Mediolli (PHS). Aliados dizem que o prefeito passou por um mal-estar com Pimentel, o que o levou a pensar sobre a hipótese de lançar-se candidato. Mas é improvável que leve a ideia adiante.

       

      Rodrigo Pacheco, deputado federal pelo PMDB, é apontado por petistas como potencial adversário. O entrave de Pacheco é também partidário. O PMDB é hoje aliado de Pimentel. Para sagrar-se candidato, o deputado precisaria de mudar de partido e alicerçar, desde já, a base para a campanha. Pimentel, Lacerda e Dinis Pinheiro percorrem o interior mostrando a cara.

       

      Em um segundo cenário, a Quaest inseriu Anastasia. A vantagem de Pimentel caiu. Ele tem 19% frente a 16% do tucano. O problema do PSDB é que Anastasia está irredutível. Não quer entrar no pleito.

       

      A Quaest ouviu 2.200 pessoas em 189 municípios entre os dias 1 e 4 de setembro.

       

      ( Portal HD )

       


    • Semana Nacional do Trânsito 2017 é aberta com evento de premiação
      19/09/2017 - 9:11:43


       

      Aconteceu na manhã de hoje (18) no Paço da Prefeitura Municipal de Patrocínio, a abertura da Semana do Trânsito 2017. Na oportunidade foram entregues certificados de motorista destaque a 15 condutores indicados pelas entidades participantes da Semana do Trânsito, além de medalhas e prêmios para os alunos vencedores do concurso de Desenho, Frase e Redação promovido em toda a rede escolar da cidade.

       

      Na abertura o prefeito municipal, Deiró Marra elogiou a iniciativa das entidades, que em parceria com o Governo Municipal elaboraram toda a programação do evento. Ele também parabenizou os motoristas destaque e as crianças e adolescentes vencedores do concurso e lembrou que a educação é o primeiro passo para a construção de um trânsito seguro.

       

      Alcides Dornelas, secretário municipal de Segurança Pública, Trânsito e Transportes, falou da importância da campanha, que trabalha anualmente a conscientização do condutor e reafirmou o compromisso da Secretaria deTrânsito em trabalhar pela modernização e organização do tráfego na cidade.

       

      Falando em nome dos parceiros, o Comandante do 46º Batalhão de Polícia Militar em Patrocínio, Tenente-Coronel Jabes Andrade Campos, explicou a necessidade de sempre haver campanhas educativas sobre segurança no trânsito principalmente para jovens, e deu dicas e sugestões para manter a segurança tanto dos motoristas quanto dos passageiros e pedestres.

       

      Até o próximo domingo, a Semana Nacional do Trânsito trará a população da cidade blitzs educativas, palestras nas escolas, mobilizações com os grupos teatrais Trupe Camaleões, Cia Máxima e Borboletas no Aquário, simulações de acidentes, passeio ciclístico, missa e culto em ação de graças.

       

      ( ASSCOM / PMP )

       


    • Blog da Marta Peres: A fragilidade na democracia brasileira
      18/09/2017 - 10:54:38


       

      Todos sabem que a política é um jogo de poder. Muitos que fazem política são bem intencionados, contudo a grande maioria preocupa-se com tudo, menos com o coletivo.

       

      Em Brasília, o jogo de poder que vemos nos bastidores anda bastante disfarçado de combate à corrupção. Não estaria ou seria a democracia fragilizada? Mas não podemos nos ater somente à capital da Nação, Estados e Municípios também tentam disfarçar, mas o povo já está entendendo este jogo armado.

       

      O brasileiro enche a boca para dizer que vive em democracia plena e madura. Nem plena e nem madura, ao contrário, precária. Você considera que apenas as eleições limpas e regulares servem para mostrar que vivemos numa democracia e que funciona? Seria sinal de regime democrático? Há maturidade democrática? A existência de uma imprensa livre nos permite dizer que vivemos realmente em democracia? Hoje em dia o assunto é este – democracia!

       

      Na verdade a corrupção está gritante. Quem detém o poder acredita-se o verdadeiro dono. Fico a imaginar – o país tem dono?  Sai um gestor e entra outro cada qual se acha mais dono da cidade, do estado, do país.

       

      Como podem crer que a democracia seja tão pobre assim!

       

      Privilégios de alguns que se consideram os maiorais, aqueles que estão acima do bem e do mal. E muitos agem como se assim fosse. É de uma pobreza imensa!

       

      De verdade podemos dizer que a cultura Democrática brasileira está mal resolvida. É um caso mal resolvido entre políticos e também o povo brasileiro. A democracia ainda não foi às vias de fato. Centralizam tudo, o Estado é tratado como patrimonialista, intervencionista, e olha que isto vem de longe. Cabral descobriu o Brasil e ainda vivemos nestes tempos no que tange a Democracia.

       

      Se você considera que o Brasil é uma democracia vigorosa, está totalmente equivocado. Basta que observem os acontecimentos dos últimos tempos no país. Podem se sentir  desconfortáveis pois o desconforto está entre todos que não aceitam a situação. O mais correto a dizer – o brasileiro ainda tem uma visão infantil quanto à democracia.

       

      Mais uma vez em tudo que escrevo volto a frisar. O brasileiro precisa aprender votar. Não comercialize o seu voto. Quando você pensa que está levando alguma vantagem você está empurrando o seu país e seu povo para um buraco profundo. E olhe que não será fácil sair dele não. Não é impossível sair. Mas não será fácil essa saída!

       

      Porém, esta briga pelo poder entre os partidos políticos precisa acabar. Os políticos devem entrar em consenso para juntos lutarem pelos interesses da população. Chega de um  minar o outro, chega de jogos de interesses pessoais – o interesse precisa ser maior – toda população!

       

      Marta Peres

       

       


    • IMA inicia recadastramento obrigatório de produtores rurais em todo o estado
      18/09/2017 - 10:24:48


       

      O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) inicia hoje campanha de recadastramento dos criadores de bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e equídeos. O recadastramento é obrigatório e deverá ser feito até 29 de dezembro.

       

      Para se recadastrar o criador deverá comparecer a uma unidade do IMA e apresentar original e cópia dos documentos pessoais e de comprovante de endereço. O criador que não o fizer estará impedido de transitar com seus animais dentro e fora do estado o que o impedirá, inclusive, de vender animais do seu plantel ou participar de eventos agropecuários.

       

      O recadastramento está regulamentado em portaria publicada no jornal Minas Gerais em 16 de setembro. Nele o criador irá confirmar que permanece na atividade e a localização da sua propriedade, entre outros dados.

       

      A medida tem o objetivo de regularizar os dados dos criadores junto ao IMA, tendo em vista que muitos produtores deixaram a atividade ou venderam seu rebanho e não comunicaram ao Instituto. Da mesma forma, muitos já faleceram e os familiares não comunicaram esse fato ao IMA. As duas situações contribuem para que o banco de dados do órgão não esteja fiel à realidade.

       

      O banco de dados do IMA possui atualmente cerca de 400 mil criadores cadastrados em todo o estado, 80% dos quais de bovinos.

       

      PORTAL DO PRODUTOR
      Além de regularizar sua situação perante o IMA o criador receberá, no recadastramento, uma senha para acesso gratuito ao Portal de Serviços do Produtor Rural, disponível no site do IMA – www.ima.mg.gov.br. Por meio do portal, na internet , o produtor tem acesso a vários serviços do Instituto como a emissão de guias e documentos oficiais, sem precisar ir pessoalmente a uma unidade do Instituto.

       

      ( IMA )