• IWEBIX Content Slider

    • Pesquisa comprova baixo rendimento em estudantes que usam maconha
      10/08/2018 - 8:31:55


       

      Universitários que fumam maconha tendem a ter um rendimento inferior em relação àqueles que não usam a droga. Essa é a principal conclusão de uma tese de doutorado apresentada pelo economista Alvaro Alberto Ferreira Mendes Junior na Faculdade de Ciências Econômicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

       

      De acordo com os dados apurados pelo pesquisador, 50,7% dos estudantes que fumam maconha semanalmente passaram direto em todas as disciplinas, enquanto que entre os não usuários a proporção é de 66,1%. Entre os entrevistados que apresentam um índice de risco alto ou moderado de dependência, a proporção dos que passaram direto nas disciplinas foi de 49,6%.

       

      QUEDA DE QI

      Para Alvaro, o desempenho acadêmico inferior entre os usuários da maconha pode ter explicações biológicas e sociais. Um estudo internacional publicado em 2012 indica que os jovens que fumam a droga tendem a apresentar uma queda de 8 pontos no QI, além de demonstrarem perdas no aprendizado e na retenção da memória.

       

      “Por outro lado, a cannabis está imersa no que se chama de uma ‘subcultura’ específica, que tende a rejeitar padrões morais da sociedade de estudo e trabalho. As duas forças (biológica e social) tendem a agir juntas para derrubar o desempenho dos estudantes”, explica Alvaro, que prepara a transformação da tese em um livro.

       

      Os dados usados estão presentes no “I Levantamento nacional sobre o uso de álcool, tabaco e outras drogas entre universitários das 27 capitais brasileiras”, feito pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad) – com o Ministério da Justiça e o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia para Políticas Públicas sobre Álcool e outras Drogas, sediado na Unifesp – a partir de entrevistas com estudantes de cem instituições de todo o país – sendo 51 públicas e 49 privadas.

       

      Alvaro levou em conta também a classificação socioeconômica dos entrevistados e verificou que indivíduos de classes mais favorecidas tenderam a apresentar uma maior probabilidade de consumo nos últimos 12 meses. “Quanto maior a renda do universitário, maior a probabilidade de consumo. Por exemplo, os alunos que pertencem às classes A ou B, por exemplo, estão associados a 120% mais chances de consumo de cannabis quando comparados às classes C, D ou E”, afirma o economista, que é professor na Universidade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro.

       

      ( Portal HD )

       


    • Memória: Museu Municipal inaugura sala de concertos ‘Paulinho Machado’
      09/08/2018 - 11:24:45


       

      A Casa da Cultura inaugura no dia 20 de agosto, as 19 horas, no Museu Municipal de Patrocínio, a Sala de Concertos Paulo Machado. O local, com capacidade para 50 pessoas e palco com piano de cauda, será destinado a apresentações de música erudita e popular.

       

      A sala homenageia o falecido Paulo Machado, grande compositor patrocinense, autor do clássico ‘Sebastiana’ e muitas outras músicas que são parte integrante do repertório do cancioneiro popular mel rangeliano.

       

      Segundo nota da secretaria municipal de Cultura, para a inauguração, o escritor e compositor Flávio Almeida, parceiro contumaz de Paulinho Machado, estará dirigindo uma apresentação musical com vários artistas locais que interpretarão as composições do mestre.

       

      A Prefeitura Municipal de Patrocínio administra o Museu Municipal de Patrocínio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e Fundação Casa da Cultura.

       


    • Apoio de G40 a Silas pode ‘cacifar’ Brasileiro a prefeitura de Patrocínio em 2020
      09/08/2018 - 9:49:38


       

      Amigos, pessoas próximas e correligionários de Deiró Marra  estão vendo com certa desconfiança e temor o apoio amplo, total e irrestrito do G40 a candidatura de Silas Brasileiro a deputado federal.

       

      Segundo eles, a ação conjunta que pode dar a Silas uma votação expressiva no município automaticamente credenciaria o presidente do CNC como um dos nomes fortes do grupo a pleitear a cadeira atualmente ocupada por Deiró Marra no Executivo Municipal.

       

      Nunca é demais reforçar que Silas, mesmo afastado das bases, tem um ótimo relacionamento com todas as vertentes políticas da terra mel rangeliana, podendo facilmente se transformar em uma unanimidade.

       

      “Silas não esconde de ninguém que quer finalizar sua carreira política como prefeito de Patrocínio. E este é um discurso palatável. O apoio do grupo de Deiró, e o consequente envolvimento da família Marra no processo (Jorge Marra já se auto-oficializou como maior cabo eleitoral de Brasileiro nestas eleições) pode ser um tiro no pé pra daqui a 2 anos, quando se iniciam as negociações para a reeleição de Deiró. Tudo isso junto & misturado pode dividir ainda mais um grupo já tão dividido.” — pontuam.

       

      Analistas da política local observam que os votos de Silas Brasileiro no município vem diminuindo consideravelmente de 4 em 4 anos, se afastando cada vez mais dos mais de 21 mil votos que o consagraram em Patrocínio nas eleições de 2006.

       

      Nas eleições de 2014, por exemplo, SB recebeu em Patrocínio, cidade e zona rural, 14.963 votos. Agora, o desafio do grupo capitaneado por Deiró Marra é superar essa incomoda marca. Se isso acontecer…

       

      Vamos aguardar os acontecimentos..!

       

      ( ZEN )

       


    • Anastasia elegerá ‘cidades-polo’, para concentrar agenda política na campanha
      09/08/2018 - 8:57:35


       

      Antonio Anastasia, não vai se licenciar do mandato em Brasília durante a campanha ao governo de Minas, que começa em 16 de agosto.

       

      Para otimizar as ações, uma vez que o período eleitoral é mais curto, de 45 dias, a equipe do tucano prevê que ele concentre as principais agendas em cidades-polo do interior do Estado. O senador ainda conta com a ajuda dos candidatos ao Senado e a cargos legislativos para fazer seu nome chegar aos quatro cantos de Minas.

       

      “Nós vamos ter reuniões nas cidades-polo, grandes e médias de todas as regiões do Estado. Vamos visitar todos os pontos importantes de Minas Gerais, que eu já tenho por hábito realizar essas visitas. E claro que vamos compatibilizar essas agendas com os eventos em Belo Horizonte”, afirmou o candidato tucano.

       

      A lista oficial das 50 cidades escolhidas para receber a visita de Anastasia ainda não foi divulgada.

       

      ESTRATÉGIA

      Devido ao tempo curto da campanha, apenas 45 dias, o staff do candidato tucano avaliou como extremamente necessária a divisão do grupo em várias frentes. Enquanto o senador otimiza as atividades político/eleitorais na capital mineira, onde vai participar de debates, entrevistas, gravações de programa eleitoral e encontros com entidades de classes, os demais nomes que compõem sua chapa devem andar pelo Estado numa via-sacra, o representando.

       

      A expectativa de aliados é que o senador visite cerca de 50 cidades durante os 45 dias de campanha, em especial as cidades-polo já escolhidas do interior. Nesta especial questão, o candidato a vice-governador, deputado federal Marcos Montes (PSD), deve ter uma atuação mais forte na base eleitoral dele, concentrada nas regiões do Triângulo, Alto Paranaíba e Noroeste.

       

      ( ZEN com informações d’O Tempo )

       


    • Deiró confirma apoio a Marcilene para estadual e escolhe Silas para federal
      08/08/2018 - 20:53:14


       

      Conforme adiantou o MAISUMONLINE no início desta semana, o prefeito Deiró Marra anunciou na tarde desta quarta (08), em reunião com seu secretariado, que vai apoiar a vereadora Marcilene Jacinto (PHS) a deputada estadual.

       

      Para a cadeira de deputado federal, segundo informou agora a noite o abalizado site Patrocinioonline — do radialista, ex-vereador e ex-presidente da Câmara Alberto Sanarelli — Marra vai dar todo o suporte e apoio a Silas Brasileiro.

       

      Segundo Sanarelli, a maioria dos secretário municipais aderiu ao projeto e o secretário municipal de Obras, Jorge Marra, será o principal ‘cabo eleitoral’ da ‘dobradinha’ no município.  (veja abaixo o print da matéria)

       

      A notícia coloca um ‘final feliz’ no imbróglio criado pelo assessor de gabinete, principal articulador e conselheiro político do prefeito, Deley Despachante, que colocou como principal condicionante ao apoio do G40 a Silas Brasileiro a desistência da candidatura do vice-prefeito, Gustavo Brasileiro, a deputado estadual. (Clique AQUI e relembre).

       

      Nos finalmentes, Gustavo manteve sim sua candidatura, mas não deve — pelo menos aqui na terra rangeliana — caminhar com Silas, que terá como parceria a vereadora Marcilene Jacinto, não por coincidência, a pérola do partido de Deley Despachante.

       

      Informações de informais informantes dão conta de que a candidatura a deputado estadual de Gustavo Brasileiro será apoiada pelo G23, grupo político do ex-prefeito Lucas Siqueira, que também dará suporte a candidatura da ex-vereadora Greyce Elias a deputada federal.

       

      O envolvimento direto dos dois grupos políticos antagonistas nas eleições de outubro deste ano na terra rangeliana reedita por assim dizer o ‘duelo ao por do sol’ que aconteceu nas eleições municipais de 2016.

       

      Naquela época, quem venceu — com ampla margem de votos! — foi Deiró Marra.

       

      Agora, só nos resta aguardar os acontecimentos… Que comecem os jogos!

       

      ( ZEN )

       

       


    • Oscar apela para grande público com nova categoria: Melhor Filme Popular
      08/08/2018 - 17:34:32


       

      A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood divulgou nessa quarta-feira (08) para os votantes mudanças na premiação mais famosa do cinema, o Oscar.

       

      Dentre essas novidades, a mais importante está relacionada diretamente a uma categoria inédita – melhor filme popular .

       

      O Oscar está apostando no grande público ao trazer uma categoria totalmente nova que engloba os filmes de maior sucesso de bilheteria. Tendo em vista que os ‘blockbusters’ passam longe dos olhares da grande premiação apesar da grande popularidade, a Academia se encontra expandindo os olhares com a intenção de trazer mais audiência.

       

      A premiação mais conhecida de Hollywood ainda não trouxe à tona maiores esclarecimentos sobre as qualificações necessárias dos candidatos a essa nova categoria. Segundo o anúncio feito pela Academia, os detalhes sobre isso serão revelados futuramente.

       

      Isso quer dizer que a partir da próxima edição, filmes de grande bilheteria terão mais visibilidade, algo raro na premiação até o presente momento.

       

      Além da nova categoria de premiação, outra novidade que foi anunciada é que a cerimônia em questão passará a ser realizada durante o período de três horas. Com isso, os vencedores de algumas categorias serão anunciados durante o intervalo, e exibidos posteriormente na versão editada do evento televisivo.

       

      Enquanto a 91ª edição do Oscar deve acontecer em 24 fevereiro de 2019, a 92ª edição teve a data alterada algumas semanas antes do previsto, sendo marcada para 9 de fevereiro de 2020.

       

      ( IG )

       

       


    • ATENÇÃO: Datas e locais da Campanha de Vacinação Antirrábica, área urbana
      08/08/2018 - 9:37:43


       

       

       


    • Dimdim: Receita abre consulta ao terceiro lote de restituição do IR 2018
      08/08/2018 - 8:57:08


       

      A Receita Federal abre hoje (8), a partir das 9h, consulta ao terceiro lote de restituição do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) 2018. O crédito será feito no dia 15 de agosto para mais de 2,8 milhões de contribuintes e o lote inclui restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017.

       

      Neste lote, o valor das restituições chega a R$ 3,6 bilhões. Desse total, R$ 342,9 milhões serão destinados a contribuintes com prioridade: 5.493 idosos acima de 80 anos, 43.345 entre 60 e 79 anos, 7.913 com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave e 77.492 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

       

      Para saber se teve a declaração liberada, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet, ou ligar para o Receitafone, número 146. Na consulta à página da Receita, serviço e-CAC, é possível verificar o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nessa hipótese, o contribuinte pode fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora.

       

      A Receita disponibiliza ainda aplicativos para tablets e smartphones para consulta à declaração e à situação cadastral no CPF. Com eles, é possível verificar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre a liberação das restituições e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

       

      A restituição ficará disponível no banco durante um ano. Se o contribuinte não fizer o resgate nesse prazo, deverá fazer requerimento por meio da Internet, mediante o Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da declaração do IR.

       

      Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contactar pessoalmente qualquer agência do Banco do Brasil ou ligar para a Central de Atendimento, por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

       

      ( Agência Brasil )

       


    • Museu recebe lançamento do Livro “As árvores invisíveis” da patrocinense Leida Reis
      08/08/2018 - 8:48:14


       

      Na próxima sexta-feira, 10 de agosto, o Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Cultura, Fundação Casa da Cultura e Museu Municipal Professor Hugo Machado da Silveira realizam o lançamento do livro “As árvores invisíveis” da escritora patrocinense Leida Reis.

       

      O lançamento acontece no Museu Professor Hugo Machado da Silveira em duas sessões, de 16h às 18h e de 20h às 22h, nas quais haverão contação de histórias e sessão de autógrafos.

       

      A necessidade de perceber o que está ao nosso redor é o eixo da história de “As Árvores Invisíveis”. A obra, primeiro livro para crianças da escritora Leida Reis, conta a história do menino Sebastião, que não consegue enxergar as árvores da cidade. Para ele, elas não passam de “criaturas estranhas”.

       

      A intenção da autora é também chamar a atenção para as árvores do meio urbano, quase sempre malcuidadas. Para isso, Leida convida o leitor a refletir, por meio do seu personagem, sobre o convívio das novas gerações com os elementos que habitam a terra em harmonia com o homem. “A vida urbana dificulta nosso contato com o essencial, o simples, como ouvir o vento, pisar na terra, sentir a força da água. E é a natureza nossa maior fonte de força interior”, afirma a autora, também publisher da Páginas Editora.

       

      Com uma linguagem diferenciada para as crianças, “As Árvores Invisíveis” pode ser lido por pessoas de todas as idades. A obra traz temas atuais, como o problema da arborização nas grandes cidades e o incêndio da Casa da Árvore, na Avenida Silva Lobo. A necessidade de enxergar o que está ao redor a partir de outras perspectivas motivou a história. “Todos nós estamos cegos para muitas coisas bem próximas”, diz a autora.

       

      Daniel Munduruku, indígena, doutor em Educação pela USP e escritor premiado, assina o texto da quarta capa, destacando as nuances da literatura de Leida Reis. “Eis um texto poético, lúdico e educativo. A autora conseguiu dar um tom bem informal para falar de um assunto complexo que é a educação do olhar”, atesta. “Esse é um olhar necessário, para dar humanidade ao nosso estar no mundo. Essa humanidade se constrói quando somos capazes de olhar para o que nos cerca e ver a alma que habita nelas”, acrescenta Munduruku.

       

      A publicitária e mestre em Letras Mariana Tavares é a responsável por dar vida ao personagem Sebastião nas ilustrações de “As Árvores Invisíveis”. A ilustradora conta que o rosto do menino apareceu durante um sonho e que logo em seguida já sabia como ele deveria ser. “Sofri um pouco para criar alguns desenhos, como na cena que Sebastião chora na calçada. Foi como se eu estivesse sentindo a dor dele”, lembra Mariana, cujo primeiro livro ilustrado foi “Aqui, ali e acolá: histórias em todo lugar”, também pela Páginas Editora.

       

      ( ASCOM / PMP )

       


    • Malagoli formaliza desistência em disputar vaga na ALMG e Marcilene cresce
      07/08/2018 - 14:51:34


       

      Mesmo muito bem cotado numa recente pesquisa (para consumo interno) realizada na cidade, o vereador e presidente da Câmara Thiago Malagoli tem deixado claro a interlocutores a sua desistência em disputar uma vaga a deputado estadual pelo PMB.

       

      Segundo fontes, Malagoli deverá apoiar os irmãos Prado — Weliton e Elismar — para deputado federal e estadual, respectivamente.

       

      A desistência do atual presidente da Câmara abre vacância para que o G40 apoie de forma oficial a vereadora Marcilene Jacinto (PHS) para ocupar a cadeira que já foi de Deiró Marra na ALMG.

       

      É bom registrar que o PHS mineiro vai lançar 75 candidatos a deputado federal e 65 a deputado estadual e já formalizou apoio à candidatura de Antonio Anastasia (PSDB) ao governo de Minas Gerais.

       

      O prefeito Deiró Marra ainda não externou qual candidato deverá apoiar ao governo de Minas Gerais.

       

      Vamos aguardar os acontecimentos..!

       

      ( ZEN )

       


    • Oportunidade: Corpo de Bombeiros lança concurso com 500 vagas; confira
      07/08/2018 - 14:36:47


       

      O Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais abrirá no dia 1° de outubro as inscrições de um concurso público para o ingresso de 500 novos soldados. Entre as vagas, 465 são referentes a combatentes e 35 a especialistas das áreas de saúde, informática e mecânica.

       

      Os salários variam de R$ 3.506 a R$ 4.098. As inscrições poderão ser feitas até o dia 27 de novembro deste ano.

       

      Para concorrer ao cargo de soldado, o candidato deve ter se formado no ensino médio. No caso das vagas referentes a especialistas (soldado de 1ª Classe), o interessado deverá comprovar formação na área. Das 465 vagas destinadas ao Curso de Formação de Soldados Bombeiros Militar do QP-BM, 47 são reservadas ao sexo feminino.

       

      O valor da inscrição é de R$ 81,96 e o candidato passará por uma primeira prova objetiva, com questões que avaliam conhecimento adquirido no ensino médio. As fases seguintes irão avaliar a saúde física e psicológica dos candidatos. Não há reserva de vagas para os portadores de necessidades especiais, por causa da natureza do cargo.

       

      As provas da primeira fase acontecerão no dia 20 de janeiro de 2019 nas seguintes cidades: Belo Horizonte, Divinópolis, Juiz de Fora, Montes Claros, Poços de Caldas, Varginha, Governador Valadares, Uberaba, Uberlândia.

       

      Os aprovados passarão por um curso de, no mínimo, oito meses com previsão de início no primeiro semestre de 2020. Mais informações no edital.

       

      ( Portal HD )

       


    • Eleições: Alianças de última hora deixam disputa em MG com oito chapas
      07/08/2018 - 9:02:09


       

      Após os partidos realizarem sua convenções e definirem os nomes para as disputas majoritárias e proporcionais, as eleições em Minas Gerais começam a se desenhar. E a tendência é que o pleito, principalmente ao Palácio da Liberdade, seja o mais acirrado dos últimos anos.

       

      Como os partidos têm até o próximo dia 15 para registrar os candidatos na Justiça Eleitoral, algumas chapas podem ser reconfiguradas, e novas alianças surgirem nesse cenário.

       

      A maior chapa, em número de partidos, será a do senador Antonio Anastasia (PSDB), que governou Minas entre 2010 e 2014.

       

      São pelo menos 12 siglas no grupo, que ganhou ontem o apoio de Rodrigo Pacheco após uma intervenção de figuras nacionais do DEM e do PSDB. O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e o pré-candidato ao Palácio do Planalto Geraldo Alckmin (PSDB) vieram pessoalmente a Minas convencer Pacheco a abortar seu projeto e disputar uma vaga ao Senado com os tucanos.

       

      O segundo candidato que mais reuniu partidos em sua chapa foi Marcio Lacerda, que ainda se vê em meio a um conflito interno no PSB. Com sete legendas em seu grupo, ele garante que seu nome será homologado na Justiça Eleitoral, mas o diretório nacional da legenda não o reconhece como figura da sigla na corrida estadual.

       

      O imbróglio parece estar longe de ser definido e esquenta ainda mais o jogo político em Minas.

       

      O governador Fernando Pimentel (PT) tentará a reeleição com uma chapa mais modesta em número de partidos: cinco.

       

      Correndo por fora, Dirlene Marques (PSOL), Romeu Zema (Novo), João Batista Mares Guia (Rede), Jordano Metalúrgico (PSTU) e Claudiney Dulin (Avante) tentarão driblar a falta de tempo na TV para a propaganda política e fazer frente aos grandes partidos.

       

      A ex-presidente Dilma Rousseff é o nome do PT à disputa ao Senado. Além dela e de Pacheco, a corrida às duas vagas tem ainda confirmados: Dinis Pinheiro (SD), Jaime Martins (Pros), Duda Salabert (PSOL), Túlio Lopes (PCB), Rodrigo Paiva (Novo), Kaká Menezes (Rede), Vanessa Portugal (PSTU) e Edson André dos Reis (Avante).

       

      ( O Tempo )