• IWEBIX Content Slider

    • Lideranças do MDB lançam manifesto por candidatura própria ao governo de Minas
      05/02/2018 - 9:10:59


       

      Lideranças do MDB em Minas Gerais assinaram neste sábado (03), em Belo Horizonte, manifesto pela candidatura própria ao Palácio da Liberdade em 2018. Participaram do encontro o vice-governador e presidente da legenda, Antônio Andrade, o deputado federal Rodrigo Pacheco e coordenadores das 53 regionais do partido.

       

      Defensor da candidatura própria e cotado para disputar o governo de Minas em outubro, Pacheco afirmou que a candidatura própria é o desejo da base do partido, “É um desejo de quase 100% da nossa militância.” — ponderou.

       

      O manifesto pode causar uma cisão no partido pois boa parte da legenda integra uma ala pró-governo, defendendo a manutenção da aliança com Fernando Pimentel (PT).

       

      OS BRASILEIROS

      Pra quem não sabe, o MDB é a nova nomenclatura do PMDB, partido que em Patrocínio tem como líder maior o eterno deputado federal Silas Brasileiro. Nas eleições de 2016, a legenda apoiou Deiró Marra a prefeito oferecendo na composição o vice, Gustavo Brasileiro.

       

      Mas, porém, todavia, contudo e entretanto, desde novembro do ano passado os dois grupos romperam relações político/institucionais. O litígio entre o prefeito e vice fez com que vários componentes do MDB que tinham cargos no G40 abandonassem o barco para apoiar uma provável/possível candidatura de Gustavo a deputado estadual.

       

      ( Com informações do EM )


    • Pimentel desativa Palácio Tiradentes 8 anos após governo Aécio inaugurar obra
      05/02/2018 - 8:58:09


       

      O governador de Minas, Fernando Pimentel (PT), bateu o martelo e vai desativar, de vez, o Palácio Tiradentes, transformado em sede do governo em 2010 pelo então chefe do Executivo Aécio Neves (PSDB).

       

      O edifício integra o complexo da Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, na região Norte de Belo Horizonte, e é uma das últimas obras do arquiteto Oscar Niemeyer. O motivo alegado pelo Estado para esvaziar o prédio é economia nos gastos.

       

      Segundo o governo, que se recusa a classificar o edifício como “palácio”, o objetivo é reduzir em pelo menos 40% gastos com insumos diversos, manutenção rotineira e com o consumo de água e energia elétrica. “O Edifício Tiradentes gera uma despesa anual de cerca de R$ 5 milhões. A realocação já está em andamento e será concluída nos próximos dias. A medida vem sendo conduzida de modo a não afetar a normalidade das rotinas de trabalho”, informou a assessoria de imprensa.

       

      O Palácio Tiradentes abrigava, além do gabinete do governador, a Vice-Governadoria, o Gabinete Militar, Cerimonial, Assessoria de Imprensa, além das secretarias de Governo e da Casa Civil. Esses órgãos estão sendo realocados nos prédios Minas e Gerais, que integram o complexo administrativo estadual. Segundo interlocutores, o vice-governador Antônio Andrade (MDB), desafeto de Pimentel e que mantém gabinete no prédio, nem sequer foi comunicado da decisão.

       

      Desde que foi inaugurada, a Cidade Administrativa foi um dos principais alvos de críticas do PT. Os custos de todo o complexo ultrapassaram os R$ 2 bilhões, bancados pela Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemig).

       

      05Após a deflagração da operação Lava Jato e as delações de executivos de empreiteiras, a obra passou a ser investigada pela Justiça brasileira. Por isso mesmo, quando assumiu o Estado em 2015, a primeira providência de Pimentel foi ignorar o legado deixado pelos governos tucanos em Minas.

       

      O governador petista passou a despachar do Palácio da Liberdade, sede histórica do governo.

       

      ( Com informações d”O Tempo )


    • Brasil pode ter 600 mil novos casos de câncer neste ano, afirma Inca
      05/02/2018 - 8:48:44


       

      O Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca) prevê que 600 mil novos casos de câncer devem ser diagnosticados no Brasil este ano, e mais 600 mil no ano que vem.

       

      No entanto, hábitos saudáveis, a solução de problemas de saneamento e a adoção de medidas preventivas poderiam evitar um terço dos casos, disse a diretora-geral do Inca, Ana Cristina Pinho Mendes.

       

      Dos casos de câncer, cerca de 30% são considerados evitáveis, diz ela, que exemplifica. “A redução do tabagismo diminuiu de maneira estatisticamente significativa a incidência de câncer de pulmão e de outros tipos de câncer. O tabagismo está relacionado a 16 tipos”, afirmou.

       

      Outro fator de risco, destaca, é a obesidade, que está relacionada ao câncer de intestino, o terceiro mais frequente entre as mulheres e o quarto mais frequente entre os homens. O consumo excessivo de álcool é outro comportamento que deve ser evitado.

       

      O câncer de pele não melanoma, considerado um tumor menos letal que a média, é o mais frequente no país, com 165 mil dos 600 mil casos estimados de câncer. A prevenção a esse tipo de tumor é se proteger do sol, especialmente nos horários próximos de 12h, quando há mais calor, além do uso de protetor solar.

       

      Além dos tipos de câncer que podem ter sua incidência reduzida por hábitos saudáveis, há também aqueles que dependem do avanço de políticas públicas, como a ampliação do saneamento básico nas regiões Norte e Nordeste, onde o câncer de estômago ainda tem uma incidência destacada.

       

      SUL, SUDESTE, NORTE E NORDESTE

      O Inca analisa que o Sul e Sudeste têm a incidência de câncer mais semelhante a de países desenvolvidos, enquanto o Norte e o Nordeste apresentam espaço para reduzir doenças que já estão bastante controladas em países ricos:

       

      “No caso do colo de útero, o agente mais relacionado é o HPV [vírus transmitido principalmente através de relações sexuais desprotegidas, está associado a diversos tipos de câncer, como de colo de útero, ânus, pênis, vulva e uretra]. Então, a vacinação de meninas e os exames de rotina das mulheres a cada dois anos são importantes. No caso do câncer de estômago é uma questão de saneamento básico, de qualidade da água”, explica Ana Cristina.

       

      Entre os tipos de câncer mais prevalentes no Brasil estão ainda doenças que se tornam mais tratáveis quanto mais precoce for o diagnóstico. É o caso do câncer de próstata e do câncer de mama, que são os tipos mais frequentes abaixo do câncer de pele não melanoma e podem ser identificados por exames de rotina.

       

      ( Agência Estado )


    • Fim de uma era? Número de assinantes de TV por assinatura registra queda
      05/02/2018 - 8:44:01


       

      O número de assinantes de TV por assinatura caiu 4,99% em 2017, com 938,7 mil contratos ativos a menos, levando o total de clientes a 17,9 milhões. Os números, divulgados nesta quinta-feira (1º) pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), também mostram que em dezembro houve uma redução de 0,7% em relação a novembro de 2017, com menos 125,7 mil assinantes.

       

      Os estados com mais assinantes de TV por assinatura no país, São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, tiveram queda no número de contratos. Com menos 6,21%, São Paulo teve a redução mais significativa, com 447,1 mil contratos encerrados. No Rio de Janeiro, foram registrados menos 97,8 mil contratos, um recuo de 3,83%; e em Minas Gerais, a redução foi de 2,41%, com menos 38,3 mil assinantes no ano passado.

       

      Em contrapartida, alguns estados registraram aumento de clientes de TV por assinatura: o maior foi no Piauí, onde houve acréscimo de 7,74%, com 6,4 mil novos assinantes; e o Maranhão registrou variação positiva de 3,86%, com um aumento na base de 6,5 mil contratos. Em seguida aparece o Tocantins, com aumento percentual de 3,42% e 1,4 mil novos assinantes.

       

      De acordo com a Anatel, dois prestadores do serviço apresentaram aumento no número de contratos: a Oi e a Sky. A primeira ganhou 205,2 mil novos usuários, terminando o ano com aumento de 15,73%. Com mais 109,6 mil assinantes, a Sky registrou aumento percentual de 2,09%. A Claro teve a maior redução em número de contratos ativos, menos 724,2 mil assinantes, o que representa um recuo de 7,39%.

       

      Em seguida aparece a Vivo, com redução de 7,67% e menos 131,4 mil contratos. Depois vêm a Algar Telecom, com menos 23,9 mil contratos, redução de 24,34%; e a Nossa TV, com menos 2,7 mil, queda de 2,14%.

       

      ( Agência Brasil )


    • Cartórios poderão emitir passaporte e RG após convênio com Polícia Federal
      05/02/2018 - 8:29:29


       

      Um problema que há anos vem se arrastando pelo país — e que em Patrocínio não é diferente — poderá ser regularizado em breve. Os cartórios brasileiros podem agora iniciar o processo de emissão do registro de identidade e de passaportes.

       

      Para que os estabelecimentos possam emitir o RG, devem fazer convênio com a Secretaria de Segurança Pública de cada Estado. Para o passaporte, é preciso associar-se com a Polícia Federal e a Associação Nacional dos Cartórios de Registro Natural (Anoreg).

       

      ANÚNCIO

      A medida foi anunciada em 26 de janeiro pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Os acordos dos cartórios devem passar por análise e homologação do Poder Judiciário. No caso dos convênios locais, é função das corregedorias dos tribunais estaduais.

       

      Já os convênios para a emissão de passaporte terão de passar pela Corregedoria Nacional de Justiça, que avaliará as viabilidades jurídica, técnica e financeira. O convênio também permitirá autorizar a renovação dos passaportes pelos cartórios. Para ter acesso a esse serviço, no entanto, será necessário o pagamento de uma taxa extra.

       

      DOCUMENTAÇÃO

      Hoje para tirar passaporte é necessário documento de identidade, título de eleitor, comprovante de votação e quitação com o serviço militar, passaporte anterior válido, CPF e comprovante bancário de pagamento de taxa.

       

      AGENDAMENTO

      Após pagamento, é possível agendar o serviço pela internet.

       

      RETIRADA

      A entrega do passaporte é feita pessoalmente no posto da PF e ocorre, em geral, seis dias úteis após o atendimento.

       

      ( Com informações da Agência Brasil )


    • Marta Peres escreve: O homem em sociedade
      05/02/2018 - 7:39:24


       

      Falam-se muito em deveres, falam e cobram. Mas… e os direitos?

      Todo cidadão conhece os seus direitos? Você quer reclamar algo que acredita estar certo, quem vai procurar? Esse sistema é mesmo interessante, conta dos deveres mas escondem os direitos do cidadão. É importante que todos saibam e conheçam o tal do caminho das pedras.

       

      No caso, o sistema pelo qual as pessoas podem reivindicar seus direitos e ou resolver seus litígios sob os  auspícios do Estado – deve ser igualmente acessível a todos e não somente  a uma meia dúzia de gatos pingados.

      Mas é balela, conhecemos a história muito bem e sabemos que desde os primórdios, sempre existiram aqueles que têm o acesso verdadeiro à justiça e aqueles que sequer conhecem seus direitos. Para muitos está distante o acesso efetivo à justiça – fato de todos ouvirem da boca das pessoas constantemente – a lei não é para todos – há diferença entre o rico e o pobre. Há uma distorção da semântica de agente da lei em diferentes âmbitos da sociedade. Tem dinheiro a lei é uma, não tem os rigores são efetivados.

      Hoje em dia – a maioria da população mais simples acredita ser o policial militar ou civil, o agente da lei  – mas sabemos que existe o arbítrio e violência. Daí se vê claramente a inversão do papel de agente de lei. Agente de Lei para uma região mais nobre é aquele que guarda, protege, dá segurança e não aquele que pratica a violência. Portanto, para os mais humildes o acesso ao poder judiciário inexiste, é utopia.  Pena pois todos têm direito de buscar auxílio no judiciário quando se sentir lesado.

      Porém, a polícia vem fazendo o que pode, vem tentando desempenhar seu papel na prevenção e na resolução de conflitos. Há uma aceitação, contudo ainda olham os policiais de modo hostil – ainda acreditam na investida de função repressiva. É preciso muito jogo de cintura por parte dos policiais e muito sacrifício.

      Vamos imaginar em centros grandes – moradores de favelas são completamente hostis ao policiamento, não veem com nos olhos a proteção que os policiais tentam dar. Já em Copacabana os moradores fazem questão do policiamento.

      Claro e evidente – a norma jurídica alcança somente determinada classe social. É um problema antigo que tem raízes profundas, fruto da herança colonial. Até quando vamos marchar por estes caminhos?

      É necessário olhar os policiais como amigos pois é isto o que são, este é o papel de cada policial. As pessoas precisam se informar mais, buscar ajuda se querem uma vida melhor.

      Marta Peres


    • Aulas da Rede Municipal de Ensino começam nesta segunda, dia 05
      03/02/2018 - 8:22:19


       

      As aulas da rede de ensino municipal têm inicio nessa segunda-feira (5).

       

      E para começar o ano letivo de 2018 com o pé direito, a Secretaria Municipal de Obras iniciou o trabalho para revitalização de todos os educandários municipais, atendendo a uma determinação do Prefeito Deiró Marra.

       

      A reforma do Colégio Municipal Professor Olímpio dos Santos foi concluída, e estão em fase final as intervenções nas escolas João Beraldo, Casimiro de Abreu e João Batista Romão em Chapadão de Ferro. Ainda de acordo com o planejamento da Secretaria de Obras, a Escola Elisa Viana Botelho em Santo Antônio do Quebranzol será o próximo educandário a ser reformado.

       

      Além disso, também em preparação para o inicio das aulas em 2018 foram entregues a todas as escolas e centros de educação infantil dezenas de móveis, eletrodomésticos, equipamentos e materiais didáticos que garantirão melhores condições de ensino para alunos e profissionais.

       

      Em apenas um ano de gestão, o Governo Municipal reformulou o ensino, investindo pesado na capacitação dos profissionais. Também com responsabilidade na administração dos recursos, garantiu a distribuição de kits escolares e uniformes para todos os alunos, merenda escolar de qualidade e o repasse, rigorosamente em dia, das subvenções aos centos filantrópicos.

       

      Diversas obras que haviam sido paralisadas na gestão anterior foram retomadas, sendo entregue aos moradores do bairro Olímpio Nunes, a Escola Municipal Judite Costa Furtado. Estão em andamento a construção da Cantina no Colégio Professor Olímpio, de uma nova escola em Macaúbas de Baixo, a ampliação do Centro de Educação Infantil João Ananias e a cobertura das quadras das escolas Walma de Oliveira e Joaquim Martins.

       

      E mais uma boa notícia. Será retomada ainda no primeiro semestre a obra de uma escola no bairro Enéas Aguiar (Jardim Sul), próximo ao Centro de Educação Infantil Lili Aguiar.

       

      Assim, o Governo Municipal começa a traçar novos caminhos para a educação do município, tendo como direção a seriedade e muito trabalho.

       

      ( ASSCOM / PMP )


    • Mesmo em reforma, MODA FINA continua com FUNCIONAMENTO NORMAL!
      02/02/2018 - 16:25:05



    • Concurso Público: Inscrições para vagas da Cemig iniciam nesta segunda (5)
      02/02/2018 - 16:21:29


       

      Começa na próxima segunda-feira (5/2) o período de inscrições para o Concurso Público 03/2017 da Cemig, para provimento de 109 vagas e formação de cadastro de reserva. Os interessados em concorrer às diversas funções de nível médio e superior poderão se inscrever até o dia 12 de março, pelo site da Fumarc.

       

      O valor da taxa de inscrição varia de R$ 50 a R$ 130, de acordo com a função desejada.

       

      Os salários-base iniciais vão de R$ 2.498 a R$ 7.965, sob o regime da CLT, com jornada de trabalho de 40 horas semanais,  exceto a função de Assistente Social, cuja jornada é de 30 horas semanais.

       

      As funções de nível médio são para técnico de gestão administrativa, técnico contábil, agente técnico de meio ambiente, técnico de operação de subestações, técnico de planejamento hidroenergético, técnico de projetos e obras civis, técnico de projetos de sistema elétrico, técnico de segurança do trabalho, técnico de sistema elétrico, técnico de sistema elétrico campo, técnico mantenedor eletroeletrônico da geração, técnico mantenedor mecânico da geração, técnico supervisão controle da operação do sistema, técnico supervisão controle do sistema elétrico distribuição, técnico de sistemas eletromecânicos e técnico de telecomunicações.

       

      Para o nível universitário, as funções são para advogado, analista de gestão administrativa, analista de gestão contábil, analista de sistemas de informática, assistente social, geólogo, engenheiro de meio ambiente, engenheiro de planejamento hidroenergético, engenheiro de segurança de barragens, engenheiro de segurança do trabalho, engenheiro de sistema elétrico, engenheiro de sistemas mecânicos e engenheiro de telecomunicações.

       

      Clique aqui para acessar o editar completo e demais publicações referentes ao concurso.

       

      ( Comunicação CEMIG )


    • Cidade de Alagoas proíbe ‘que tiro foi esse?’ de tocar no seu Carnaval
      02/02/2018 - 16:18:27


       

      O desastroso funk “Que tiro foi esse?” de Jojô Maronttinni (conhecida como Jojô Toddynho), não vai ter espaço algum para ser tocada durante o Carnaval da cidade de Joaquim Gomes/AL. A regra se estende para os blocos de rua e demais locais onde a festa estará ativa com a presença do povo.

       

      Sucesso absoluto em todo o País graças (claro) ao vazio cultural do brasileiro — e sobretudo pela força das emissoras de Rádio e TV, além das redes sociais –, a música “Que tiro foi esse?” foi vetada pela Comissão do Carnaval, por entender que ela é uma verdadeira apologia à violência.

       

      A Comissão  formada pela Polícia Militar, Prefeitura e  dirigentes dos blocos, cuja reunião ocorreu nesta quarta-feira, definiu também a proibição de outras  músicas “alusivas” a violência e a desvalorização da mulher durante as festividades na cidade.

       

      Segundo o site 40 Graus.al, lá de Joaquim Gomes, a proibição levantou questões por parte de algumas pessoas nas redes socais. Para uns, o funk é apenas uma brincadeira, quando se fala: “Que tiro foi esse?”, se demonstra a questão do acerto, da precisão; para outros, isto é uma verdadeira  apologia à violência.


    • Matéria sobre preço abusivo da gasolina em Patrocínio ‘bomba’ no Face
      02/02/2018 - 13:11:56


       

      Uma matéria publicada no site ‘Reporter Patrocínio’ — clique AQUI e leia — está dando (no bom sentido, claro!) o que falar nas redes sociais.

       

      Sob o título ‘Patrocínio tem a Gasolina, Etanol e Diesel entre os preços mais altos do País’, o texto produzido pelo repórter fotográfico Gilber Barros pontua com imagens os preços cobrados pela gasolina em diversos postos de combustíveis da terra rangeliana, insinuando que a coincidente proximidade entre valores sugere (é bom enfatizar, SUGERE!) a formação de um cartel na cidade.

       

      “Enquanto o valor médio do litro de gasolina em Minas Gerais, na última semana, foi de R$ 4,423, em Patrocínio o preço mais elevado da gasolina comum foi R$ 4.698. E o da gasolina aditivada chegou a R$ 4.868. Em nenhum dos postos de combustíveis da cidade a gasolina chegou sequer ao preço do médio cobrado no Estado. O preço mais barato da gasolina comum na cidade é R$ 4.550.” — pontua o texto de Gilber Barros

       

      RECLAMAÇÕES NAS REDES SOCIAIS

      A matéria foi repercutida nas rede sociais e obteve um grande número de acessos e comentários, a maioria reclamando do preço abusivo da gasolina. Mas um destes comentários chamou a atenção… o do superintendente do Procon Municipal, Ricardo Balila. Na contramão do cargo que ocupa, Balila defendeu dos proprietários de postos de combustíveis.

       

      “Última reunião do Procon assembléia o assunto foi esse no comparativo geral gasolina e cara e no Brasil inteiro quanto tomar medidas estamos trabalhando mais coloca cada um de vcs no lugar do órgão Procon não tem como chegar lá e mandar baixar não são empresários paga funcionários água luz impostos mais medidas dentro da lei estão sendo tomadas mais dentro da lei bem claro alguém viu algum órgão dando conta de abaixar a gasolina da sua cidade e um assunto muito complexo estamos fazendo tudo que podemos #procontrabalhador” — enfatizou.

       

      Quando foi cobrado pelos internautas a iniciar um processo de investigação, Balila informou, “Com muita calma e respaldado pelo direito do consumidor se alguém tiver uma matéria que algum superintendente de Procon conseguiu baixar o preço de gasolina de algum municio mande no post.” — O print com as perguntas e as alegações de Balila estão no final da matéria.

       

      O texto produzido por GB ainda informa que, segundo levantamento da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), Minas Gerais ocupa a terceira posição entre os Estados com gasolina mais cara no país. E Patrocínio está entre as cidades cuja cobrança é a mais cara do Brasil.

       

      Em dezembro do ano passado, o MAISUMONLINE repercutiu uma matéria do G1 — clique AQUI e leia! — que aborda este tema. ( ZEN )

       


    • Receita exclui 1,4 milhão de CNPJs de microempresas irregulares
      02/02/2018 - 10:37:53


       

      Contribuintes que não regularizaram a situação junto a Receita Federal tiveram o Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) excluído. Ao todo, foi dada baixa em 1.372.246 CNPJs de microempreendedores individuais, de acordo com o órgão.

       

      A lista com os CNPJs está disponível na internet. Os microempreendedores foram intimados e pela Receita e tiveram até 26 de janeiro para regularizar a situação.

       

      Cerca de 1,4 milhão estavam irregulares no final do mês passado, o que equivale a 18,9% dos 7,574 milhões de CNPJ inscritos na modalidade. Eles não pagaram os impostos nos últimos três anos e estavam com as declarações anuais do Simples Nacional em atraso.

       

      Eles tiveram prazo para pagar os tributos devidos à Receita Federal ou aderir ao parcelamento dos débitos em até 60 meses (cinco anos). A maioria, no entanto, continuou irregular.

       

      Regime especial de tributação instituído em 2011, o MEI permite o pagamento simplificado de tributos por profissionais autônomos que faturem até R$ 81 mil por ano e contratem, no máximo, um empregado. Nesse programa, o profissional recolhe mensalmente 5% de contribuição ao Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), mais R$ 5 de Imposto sobre Serviços (ISS), no caso de prestadores de serviço, ou R$ 1 de Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços, no caso de atividades ligadas ao comércio e à indústria. O carnê é emitido por meio do Portal do Empreendedor.

       

      ( Agência Brasil )