09/11/2018

Operação Capitu: PF prende Antônio Andrade, vice-governador de MG

 

Z/E/N

 

A Polícia Federal prendeu nesta sexta-feira (9), o empresário Joesley Batista, um dos donos da JBS, e o vice-governador mineiro, Antônio Andrade (MDB) por crime de lavagem de dinheiro em uma ação que é desdobramento da Operação Lava Jato.

 

De acordo com a PF, a operação batizada de ‘Capitu’ busca desarticular uma organização criminosa que atuava na Câmara dos Deputados e no Ministério da Agricultura e está sendo realizada nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Paraíba e Mato Grosso, além do Distrito Federal.

 

Joesley foi preso em São Paulo e Andrade, no interior mineiro, na cidade de Vazante, berço político do vice-governador, que foi ministro da Agricultura do governo Dilma Rousseff (PT) entre 2013 e 2014.

 

Candidato a deputado federal pelo PMDB mineiro nas Eleições deste ano, Andrade não conseguiu ser eleito. O ex-governador obteve em Patrocínio 232 votos dos decepcionantes 39.037 obtidos em todo Estado.

 

Segundo a PF, os alvos da operação desta sexta serão indiciados pelos crimes de constituição e participação em organização criminosa, obstrução de justiça, corrupção ativa, corrupção passiva e lavagem de dinheiro, entre outros.

 

As penas, segundo a instituição, podem variar entre três e 120 anos de reclusão.