05/05/2018

Outdoor de ex-vereador abraçado com Anastasia configura extemporânea

 

Os eleitores rangelianos fecharam a sexta-feira (04) observando, em pontos estratégicos da cidade, a colocação de outdoors com imagens do ex-vereador Cássio Remis e do Senador da República e pré-pré-candidato ao governo de Minas, Antônio Anastasia.

 

A peça publicitária fala da liberação de 14 milhões de reais para a construção do Pronto Socorro Municipal em 2014.

 

Mas, porém, todavia, contudo e entretanto, a esperteza pode virar bicho e comer o espertalhão.

 

O imenso outdoor que destaca Remis e Anastasia abraçados, caracteriza propaganda extemporânea e com certeza vai dar (no bom sentido, claro!) dor de cabeça tanto ao Senador, que está em vias de virar candidato, quanto a Remis, que sonha em se lançar candidato a deputado estadual.

 

“Além de campanha eleitoral extemporânea, a peça publicitária é também enganosa”, diz Ivanderlei Santos, presidente do PHS e assessor da Administração.

 

EXPLICANDO…

É sempre é bom lembrar, ‘dar a César o que é de César’, que Antônio Anastasia, então Governador de Minas, pode até ter liberado a verba de 14 milhões para a construção do Pronto Socorro Municipal. Mas, deste montante, apenas R$ 1.397.510,84 foi depositado no cofre da Prefeitura em 2014.

 

Continuando a ‘dar a Cesar o que é de Cesar’, ressalta-se também a importante participação e empenho do patrocinense Eustáquio Amaral — então superintendente de Finanças da Secretaria de Estado da Saúde — como grande patrocinador do envio dos 10% do malfadado recurso de 14 milhões para construção do Pronto Socorro.

 

À época, Eduardo Arantes, então secretário de Desenvolvimento Social, soltou o verbo sobre o imbróglio em uma polêmica entrevista radiofônica a Difusora, “O atual governo estadual (Anastasia) ‘roeu a corda’, suspendeu o envio do restante do recurso.” – eduardou Eduardo.

 

Então, em 2017, quando aqui esteve, o atual governador Fernando Pimentel — por prestígio do ex-deputado estadual e hoje prefeito Deiró Marra — disponibilizou R$ 7 milhões da grana para execução da obra…

 

O resto, é ‘prosopopéia flácida para acalentar bovinos’, ou seja, ‘conversa mole pra boi dormir’ em época de eleição.

 

Vamos aguardar os acontecimentos..!

 

( ZEN )