13/05/2019

Para Brant, salário de secretários de governo é baixo e não dá condição de sobrevivência

Z|E|N

O governador de Minas Gerais em exercício, Paulo Brant (Novo), afirmou na manhã de hoje que o salário dos secretários de Estado “é muito abaixo da condição mínima para que os secretários possam sobreviver”.

Atualmente, o salário de um secretário de Estado de Minas Gerais é R$ 10 mil bruto. Com os descontos, cai para cerca de R$ 8.500.

Ao ser questionado sobre o registro em cartório feito pelo então candidato Romeu Zema (Novo), no período eleitoral, declarando que em caso de vitória, nem ele, nem o vice e nem seus secretários não seriam remunerados enquanto os servidores públicos do Estado não estivessem recebendo em dia, Brant afirmou que a medida foi um “equívoco”.

Só para efeito comparativo, em Patrocínio, cada secretário municipal ganha pouco mais de R$ 9.700,00. Com os descontos (dependendo dos compromissos dos secretários) cai para pouco mais de R$ 7.500,00.