14/01/2007

PARABÉNS JESUS

Eis que vem o Natal.
Eis que nasce o Menino Deus.
É o aniversário de nosso Salvador.
Estou pensando na beleza do Natal.
Feita de simplicidade. Aquele Menino que os pastores de Belém admiram, envolto em panos e que os anjos do céu adoram, cantando melodias de paz _ aquele Menino é Deus!
Há uma beleza de céu no chão daquela estrebaria em toda a sua simplicidade humana _ divina.
A beleza da Divindade que se esconde na fragilidade de um recém-nascido!…
A beleza do Infinito que se apresenta criança de berço!…
A estrela brilhou no silêncio daquela meia-noite misteriosa. Uma estrela diferente, que teve a missão de anjo porque foi mensageira, anunciando a vinda do Salvador, pedindo conversão, pedindo paz!
Todos sentem alegria diferente no Natal.
Desde a mais expansiva em sorrisos e cânticos, até àquela alegria triste que dói no coração pela partida, mas não deixa de ser alegria, porque é Natal.
Em casa, todos os membros da família estão presentes, porque é Natal. Presentes também aqueles que a morte levou, presentes na lembrança, presentes na saudade.
Nesta misteriosa noite de Natal, nasceu o Menino Deus. Aleluia! Aleluia!…
Parabéns Jesus! Parabéns pelo seu aniversário!
Aniversário do Amor!
Que nosso coração seja uma manjedoura para receber a Deus Menino!
Deixe Jesus entrar em tua casa…
Deixe Jesus entrar em teu coração… e diga a Ele:
“Eu te amo! Eu te adoro!…