14/01/2007

PARABÉNS

Foi uma festa!
Nasceu Marta Marques. Eu, naquela idade, ganhar mais uma filha?
Durante muitos dias de meditação, eu parei de pensar. Aceitei a idéia, redobrei minhas forças para dar conta.
Eu pensava:… minha mãe teve onze filhos, por que não posso ter seis?!… Sou muito religiosa e achei que seria mais um presente de Deus, que me recompensava pois Marta era uma menina linda e saudável. Adolescente, mocinha já, nós a chamávamos de passarinho, tal era a sua meiguice e sempre caladinha.
Às vezes, deitava em meu colo, olhava pra mim, pagava em minha mãos e dizia:
“Carinho, mãe, me faz carinho…”
E os anos se passaram… tudo mudou!
Marta fez faculdade de Matemática. Não sei se foi por saber que nesta vida tudo é ciência exata, deixou aquela frase linda de sorrir e apegou-se ao trabalho.
Leciona no Colégio Berlaar e nas horas de folga leva seus dois filhos para a aula de Inglês, Lincool e Danton.
O pequenino Danton tinha só 4 aninhos e todos os dois já falam e cantam em Inglês. É casada com Harington Soares.
Quando tem festa no colégio ou casamento, Marta parece uma fada, desfilando sobre as meninas.
Marta tornou-se uma linda senhora, uma grande líder.
Aos 15 anos, na festa da cidade, foi eleita “Miss Patrocínio” e dias depois foi condecorada “Rainha do Café”, a mais bela patrocinense. Marta não é somente bonita, mas educadíssima, linda mesmo!
Coisas de mãe!…