10/08/2019

Pressão para expulsar Aécio do PSDB é grande

Z|E|N

O processo que pode culminar na expulsão do deputado federal Aécio Neves do PSDB começa a tramitar em 10 dias, segundo informações do também deputado e presidente nacional da legenda, Bruno Araújo (PE), durante evento da legenda em Minas.

E a pressão paulista é grande! No mês passado, o prefeito da capital paulista, Bruno Covas, chegou a dizer que “ou eu ou Aécio Neves no partido”. O governador de São Paulo, João Doria, defendeu recentemente que o melhor para o ex-governador de Minas seria uma “saída espontânea”, para evitar a necessidade de expulsão.

O deputado Aécio Neves virou réu na Justiça Federal de São Paulo por corrupção e obstrução à Justiça, sob a acusação de tentar atrapalhar o andamento da Operação Lava-Jato. O empresário Joesley Batista, do Grupo J&F, afirma ter pago propina de R$ 2 milhões ao deputado e sua irmã, Andréa Neves, em 2017.