10/09/2019

Sem comemoração pelo tomógrafo

Z|E|N
A Santa Casa tem demorado muito para realizar uma solenidade em agradecimento ao trabalho do deputado federal Renato Andrade, que através de gestões do advogado e ativista político Cássio Remis e do vereador dr Ari, conseguiram viabilizar algo em torno de 850 mil reais àquela unidade de saúde.

Com o dinheiro, a Santa Casa adquiriu um Tomógrafo que hoje contribui para o atendimento dos pacientes da microregião Patrocínio/Monte Carmelo, com exames na área de cardiologia, neurologia e vascular.

As gestões de Cássio Remis e do dr Ari junto a Renato Andrade em favor da Santa Casa e do Hospital do Câncer de Patrocínio datam de 2017.

Na oportunidade, estiveram em audiência com o Ministro da Saúde da época, Ricardo Barros, juntamente com o presidente do Hospital do Câncer, Thiago Miranda; a superintendente do HC, Andreia Ribeiro; o provedor da Santa Casa, José Carlos Dias e a presidente da Abrace e conselheira do Hospital da Criança de Brasília, Ilda Peliz.

O encontro apresentou ao ministro importantes demandas dessas instituições que prestam um relevante atendimento à população da região. O recurso foi liberado no início de junho.