18/05/2019

Similar a dengue, zika e chikungunya, febre do mayaro está no RJ e chega em breve a MG

Z|E|N

Em meio à explosão de casos de dengue, Minas Gerais vai precisar redobrar os cuidados contra mais uma doença transmitida por mosquitos.

A febre do mayaro, enfermidade com sintomas idênticos à chikungunya, teve os três primeiros registros confirmados no Rio de Janeiro nesta semana.

Para especialistas, a chegada no vírus em território mineiro é ‘questão de tempo’, uma vez que o Estado tem todas as condições propícias para a proliferação do vetor.

De origem africana, ele é comum na região amazônica do país e já havia causado surtos em cidades como Belém do Pará. No entanto, até então, não havia sido detectada a presença do agente no Sudeste.

Incapacitantes, os sintomas da doença são marcados por febre alta e dores fortes nas articulações.

Um quadro que, em casos mais graves, pode se prolongar por semanas, uma vez que o tratamento é feito apenas com analgésicos e antitérmicos.