12/06/2019

Situação ‘no automático’

Z|E|N

O bloco da situação na Casa de Leis rangeliana estava distraído.

E ‘no automático’ colaborou decisivamente para aprovar – por unanimidade! – na noite de ontem (11) um Requerimento de Informações do vereador Thiago Malagoli que deve desgastar e muito o G40 nas próximas ordinárias.

O RI questiona sobre os gastos e despesas referente à aquisição de combustível para abastecimento dos veículos pertencentes ao Executivo municipal, desde o início da atual gestão, em 01 de janeiro de 2017.

Na fundamentação do Requerimento, Malagoli afirma que a compra de combustível para abastecimento dos veículos que pertencem ao município é um dos maiores sangradouros dos cofres públicos.

“Os exemplos de fraude são muitos: notinhas de combustíveis sem o devido controle da quilometragem; possibilidade de abastecimento de carros de terceiros; manipulação e adulteração dos números de litros abastecidos em notas fiscais e ordens de abastecimento; prática de superfaturamento, através de venda por preço manifestamente superior ao praticado para aquele combustível etc.” – observa…