20/02/2019

T’BOTO A’GITONGA | Segundo curandeiro africano, pesquisa política deve circular pela cidade em maio

Z/E/N

Em maio, aproximadamente um mês após o encerramento da II FENACAFÉ, será feita uma pesquisa quantitativa e qualitativa presencial na cidade.

A intenção é medir o nível de aceitação (e rejeição) popular do prefeito, secretariado e também dos possíveis/prováveis candidatos a cadeira máxima do executivo municipal em 2020.

Dentre os nomes que serão ‘medidos’ pela enquete apenas uma surpresa, o do secretário municipal de Obras Públicas, Jorge Moreira Marra.

Os demais, além do prefeito, são o vice Gustavo Brasileiro; o cafeicultor Osmar Pereira Jr; o presidente da Acarpa Fred Elias; o ex-presidente da Câmara Thiago Malagoli; o vereador José de Arimatéia (dr Ari) e os empresários ‘outsiders’ Dalmo Arvelos (Onnet) e Vander Júnior de Carvalho (Leite & Corte).

A previsão foi feita na madrugada desta quarta (20) pelo coach esotérico do MUOL, o curandeiro africano T’boto A’gitonga, da tribo Mzilikazi, a sudoeste do Zimbabwé.

A mensagem foi enviada ao site através da fumaça produzida pela infusão de ervas aromático/alucinógenas acondicionadas num cachimbo feito do chifre do Gnu albino.

A poderosa técnica milenar faz com que o xamã africano sintonize seu chakra à vibração cósmica alcançando o nirvana, obtendo acesso wi-fi as visões que predizem o futuro.