13/06/2019

Zema arrependido

Z|E|N

Em entrevista à Rádio CBN ontem (12), governador Romeu Zema (Novo) fez um mea-culpa.

Reconheceu que errou ao prometer, na campanha eleitoral, que ele, o vice-governador e os secretários de estado não receberiam salário em caso de vitória de sua chapa.

“Uma das virtudes do ser humano é reconhecer os erros. Reconheço que foi um anúncio errado na minha campanha (incluir os secretários na promessa de não receber salário) e no que diz respeito a mim, eu e o vice estamos cumprindo fielmente”, afirmou.

A promessa foi registrada em cartório, mas só Zema e o vice-governador Paulo Brant estão realmente doando os salários a instituições de caridade.