08/11/2018

Zema se encontrará com Bolsonaro para tentar repactuar dívida do Estado

 

Z/E/N

 

A dívida mineira junto à União, que beira os R$ 90 bilhões, vai levar o futuro governador mineiro até Brasília no dia 20 ou 21 deste mês.

 

Zema vai pedir socorro ao presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), buscando junto ao presidente eleito melhores condições e prazos mais alongados para a quitação do débito.

 

“O pagamento de juros onera muito o Estado. Uma repactuação desses juros, desse valor e do prazo da dívida, acaba viabilizando as finanças, que hoje estão praticamente inviáveis”, pontuou Zema.

 

O governador eleito de MG contará com o auxílio do ex-presidente do Banco Central, Gustavo Franco, que descartou assumir a Secretaria de Estado da Fazenda, mas será consultor econômico do governador eleito, o que permitirá a interlocução com o Palácio do Planalto.

 

 

MAIS LIDAS