24/10/2007

AÇÃO DO PROCON DE PATROCÍNIO É COBRADA POR PARTIDOS LOCAIS

Um bloco composto pelos partidos PPS, PR,PHS,PMN e PC do B de Patrocínio enviou requerimento de informação do Procon, pedindo medidas urgentes para o efetivo bloqueio da distribuição em nosso município do Leite Longa Vida integral (marcas Centenário, Parmalat e Calu) fornecido pelas cooperativas e indústrias denunciadas e comprovadamente enquadradas no crime contra a saúde pública, em virtude de adulteração do leite em questão, inserindo fórmulas semelhantes à acetona, água oxigenada e soda cáustica.
A informação é do site www.patrocinioonline.com.br

Segundo a nota dos partidos, a mídia nacional reportou ação da Polícia federal, juntamente com o Ministério Público Federal e o Estadual de Minas Geral denominada “Operação Ouro Branco”, visando combater crime contra a saúde pública.

A nota alerta ainda que “Nossos revendedores podem estar com produtos nas prateleiras e cidadãos desavisados podem estar consumindo o produto sem conhecimento das conseqüências”.

O bloco de partidos PPS, PR, PHS, PMN e PC do B cobra ainda do Procon: “Como medida sugerimos em primeira mão uma divulgação em todo o município (urbana e zona rural) dos produtos já detectados como fraudados e impróprios para o consumo”.