01/06/2011

Acordo: Câmara confirma reajuste para servidores municipais

O Presidente da Câmara, Alberto Sanarelli, sua assessoria jurídica e o líder do governo na Câmara, vereador José Roberto dos Santos (Salitre) se reuniram com o Prefeito Lucas Siqueira na manhã de terça-feira (31.mai).

Sanarelli ponderou que o veto do prefeito a apenas a emenda dos vereadores aumentando o reajuste proposto pelo executivo ‘não era o certo’ e que deveria ter sido vetado todo projeto.

Houve um acordo de vetar todo o projeto e um novo concedendo o reajuste proposto pelos vereadores seria enviado a Câmara para votação. O prefeito alegou que fez o veto, por questão de iniciativa, para evitar futuros ‘problemas de ordem jurídica’.

Como combinado, o veto foi mantido e novo projeto de lei aprovado, sendo que, além dos 1,5% já concedidos a título de antecipação em janeiro desse ano, somados a 5,36% que serão pagos esse mês aos servidores da Prefeitura e autarquias (pois segundo o prefeito a folha já estaria pronta) e mais um reajuste de 1,5% na folha de junho vão perfazer o total de 8,36%, o mesmo percentual proposto pelos vereadores.

O veto foi aprovado e a lei do reajuste também aprovada em regime de urgência. O reajuste vale para todos servidores municipais da Prefeitura, Câmara e Autarquias (Daepa e Ipsem) excetuando os cargos eletivos (vereadores, prefeito e vice).

ASSIM CMP