07/01/2011

Agricultura: Minas Gerais deverá colher safra recorde de grãos em 2011

Levantamento divulgado, nesta quinta-feira (6), pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), mostra que a produção de 2011 deve ser de 10,5 milhões de toneladas. Um crescimento de 3,9% em relação ao ano passado.

A produção esperada para este ano supera o antigo recorde estadual, que foi de 10,4 milhões de toneladas, em 2009. O aumento esperado da safra mineira deste ano também supera a média do crescimento nacional que, segundo a Conab, será de 0,1%.

“Os maiores destaques da safra deste ano serão a soja e o algodão. No caso da soja, o crescimento será de 6,8%, superando a produção de 3,1 milhões de toneladas. Pelo segundo ano consecutivo, foi registrado um crescimento da área plantada com soja”, explica João Ricardo Albanez, superintendente de Política e Economia Agrícola da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais.

Segundo o superintendente, os produtores estão aproveitando os bons preços da soja no mercado internacional. “A alta dos preços no exterior também valoriza o produto no mercado interno. Houve um grande aumento mundial do consumo de soja”.

No caso da produção mineira de algodão, o crescimento esperado para este ano será de 73,3%, com uma safra estimada de 96,7 mil toneladas. “Assim como aconteceu com a soja, o algodão também está valorizado em todo o mundo. O aumento do consumo e a redução dos estoques mundiais valorizaram o algodão em pluma. No mercado interno, o preço pago ao produtor dobrou no último ano”, comenta Albanez.

Cana-de-açúcar

A Conab também confirmou que a produção de cana-de-açúcar em Minas Gerais destinada ao setor sucroalcooleiro foi recorde em 2010. Foram colhidos 55,2 milhões de toneladas. Um aumento de 10,6% em relação ao ano passado.

A safra colhida em 2010 consolidou Minas Gerais, como o segundo maior produtor de cana-de-açúcar do país. Da produção colhida no Estado, 57% foram destinados à produção de etanol e 43% para a produção de açúcar.

“A instalação de três novas usinas em Minas Gerais no ano passado incentivou o aumento da produção. Além disso, a melhoria dos preços do açúcar incentivou o setor”, afirma João Ricardo Albanez.

As novas usinas de Minas Gerais que entraram em funcionamento no ano passado estão em Uberaba, Tupaciguara (Triângulo Mineiro) e João Pinheiro (Noroeste). Segundo o superintendente, além da produção de açúcar e etanol, a instalação de novas usinas está ampliando a geração de energia com o uso do bagaço da cana-de-açúcar.

Safra de grãos em MG (2010/2011)

1)Produção: 10,5 milhões (alta de 3,9%)
2) Área: 2,8 milhões de hectares (alta 0,6%)
3) Principais produtos: Milho: 6,2 milhões (alta de 2,8%); Soja: 3,1 milhões (alta de 6,8%); Feijão 1ª safra: 244,6 mil toneladas (alta de 14,6%); Algodão: 96,7 mil toneladas (alta de 73,3%).

Safra de cana-de-açúcar em MG (2010)
1) Produção: 55,2 milhões de toneladas (alta de 10,6%)
2) Área: 650 mil hectares (alta de 10,4%)
3) Produção de etanol: 2,6 bilhões de litros (alta de 13,9%)
4) Produção de açúcar: 3,2 milhões de toneladas (alta de 20,8%)

Agência Minas