11/04/2014

Alto Paranaíba recebe 2ª sociedade de garantia de crédito de MG

A Sociedade de Garantia de Crédito (SGC) do Alto Paranaíba, a segunda de Minas Gerais, foi lançada nesta quinta-feira, 10 de abril, em Patos de Minas.

Com a novidade, micro e pequenas empresas (MPE) da região terão maior poder de barganha para acessarem crédito junto a bancos e cooperativas de crédito. Isto porque poderão contar com o auxílio da SGC, que fornecerá parte das garantias exigidas nesse tipo de transação.

Associações formadas por empresários, as SGC, fornecem uma garantia complementar às que aqueles já possuem, para que possam viabilizar a captação do montante necessário ao investimento. O aval fornecido pela SGC do Alto Paranaíba será para empréstimos entre R$ 30 mil e R$ 100 mil.

Para se associar e usufruir dos benefícios da SGC, os empresários devem pagar uma taxa de entrada e um percentual sobre as cartas de aval que contratarem, além de estarem em dia com obrigações tributárias e trabalhistas e com as finanças em ordem.

Fundo de risco

A estruturação da SGC do Alto Paranaíba foi subvencionada pelo Sebrae, que, em 2008, promoveu uma chamada pública para estimular o surgimento de sociedades de garantia de crédito no país, concedendo apoio técnico e financeiro aos grupos interessados em criá-las.

Pelo edital, a entidade recebeu R$ 2 milhões para constituição do fundo de risco, usado para garantir a adimplência dos contratos de empréstimo nos primeiros cinco anos. Além do recurso do Sebrae, o fundo de risco da SGC receberá aportes locais, aumentando o volume de cartas de aval para as MPE da região.

A SGC também conta com a contribuição de entidades empresariais locais (Acipatos, Sindicomércio, CDL), da Adesp, do Sicoob Credicopa e da Prefeitura Municipal, para os custeios das despesas operacionais.

No primeiro ano de atividade, a SGC Alto Paranaíba deverá atuar em Patos de Minas, mas empresas da região que se interessarem podem entrar em contato. O atendimento se estenderá aos municípios de Patrocínio, Coromandel, São Gotardo, Rio Paranaíba, Lagoa Formosa e Carmo do Paranaíba, por meio de parcerias com entidades representativas empresariais.

(Assessoria Sebrae)