05/04/2011

Composição entre José Batista Neto e Simão Pedro de Lima forma a nova presidência da Funcecp

Foram quase 4 horas de reunião, debates, discussões, lavagem de roupa suja, mas no final, os dois grupos antagônicos que coabitavam no Conselho Curador da Fundação Comunitária e Educacional de Patrocínio chegaram a um denominador comum e, em nome da saúde financeira e a sobrevivência da instituição, se uniram-se a si mesmos numa só e única chapa.

A nova diretoria é formada pelo empresário e secretário municipal de Planejamento e Gestão José Batista Souza Neto como presidente e pelo mestre em Educação Simão Pedro de Lima como vice. O anuncio oficial na mídia falada não pôde ser feito, uma vez que já passava da meia noite e as emissoras já tinham ‘fechado’ a sua programação normal.

O momento atual da Funcecp não é dos melhores. A Fundação afunda (perdoem o trocadilho) em dívidas. Segundo informações, se na posse do primeiro presidente, o grafólogo e aposentado do BB Daniel Araújo, em agosto do ano passado, a instituição educacional apresentava um superávit de algo em torno de 770 mil reais, agora, 7 meses depois, mostra um prejuízo acumulado de aproximadamente 330 mil reais. Ou seja, cerca de 1 milhão de reais foram gastos nos últimos meses…

Cumprindo os compromissos

O Conselho Comunitário ainda aguarda ansiosamente que o prefeito cumpra o compromisso que assumiu como contrapartida quando da transferência de 3ha mais as benfeitorias do CET-Cerrado para o Instituto Federal de Ciência e Tecnologia do Triângulo. Clique AQUI e relembre a promessa.

Em documento assinado pelo prefeito Lucas Siqueira, a prefeitura se comprometeu a construir três laboratórios, um para o curso de Nutrição e os outros dois para o curso de Informática além do compromisso de quitação do débito relativo a divida do ano de 2008 (governo JulElias) em 12 parcelas a partir de 15 de janeiro de 2010. Até o momento nada aconteceu.

“A expectativa é a de que, com a proximidade do novo presidente ao grupo político do prefeito, ele possa fazer gestões junto ao chefe do Executivo para que os compromissos assumidos no ano passado sejam efetivamente cumpridos.” – confidenciou-nos um membro do Conselho Curador que não viu com bons olhos a ‘composição’.