04/11/2011

Conselho Municipal de Saúde reuniu-se no Centro de Hemodiálise

A cada mês, o Conselho Municipal de Saúde (CMS) realiza suas reuniões ordinárias nas Unidades de Atendimento do Sus (PSF, Policlinicas, entre outras). A última aconteceu no dia 10 de outubro nas dependências do Centro de Hemodiálise da Santa Casa de Patrocínio, sendo a primeira a ser realizada numa entidade privada, representante do Prestador de Serviço ao SUS. da cidade.

Durante a visita, os membros do Conselho apreciaram a prestação de contas da Santa Casa de Patrocínio sobre os investimentos no serviço de Hemodiálise pela Secretaria Estadual de Saúde e recursos próprios totalizando R$ 4.178.683,93.

Destes, são Recursos da Secretaria de Estado de Saúde: R$ 1.294.060,39; Recursos do Pro-hosp 2008/2009/2010: R$ 342.890,21; Recursos Próprios: R$ 2.525.759,93 e Doação Rotary Clube de Patrocínio e Diacom Comercial: R$ 15.973,40.

Para a presidente do CMS, Dra. Hedmar de Oliveira Ferreira foi uma oportunidade ímpar para o Conselho se reunir no Centro de Hemodiálise da Santa Casa. “O Conselho de Saúde é um espaço de participação social, congregando representantes da Secretaria de Saúde, dos trabalhadores da área de saúde, prestadores de serviço de saúde (filantrópicas e não filantrópicas), usuários, movimentos comunitários, associações de moradores e outras, com a finalidade de exercer o controle social do SUS, fiscalizando, planejando e controlando os recursos destinados à área da saúde no orçamento do Município. Com a visita às dependências do Centro de Hemodiálise os conselheiros puderam atestar a grandeza das ações e serviços que ali serão desenvolvidos”, esclarece.

O coordenador da Atenção Primária à Saúde da SMS, Dr. Wesley F. Romão Siqueira comenta que a reunião foi um marco no na história do Conselho e também da Santa Casa. “Ao ceder o espaço da Hemodiálise para realização da reunião, a Santa Casa através da superintendente Ana Lúcia e seus colaboradores, pode mostrar a qualidade daquele serviço que em breve poderá ser usufruído pelos pacientes de nossa região com um atendimento qualificado, moderno e eficiente. Sabemos que isso não seria possível se não houvesse uma gestão séria e competente à frente da Santa Casa, que através de recursos próprios e de emenda parlamentar, pôde através desse esforço conjunto devolver qualidade de vida aos nossos pacientes. Como membro do Conselho Municipal de Saúde manifesto minha gratidão e tranquilidade em saber que a saúde em nosso município se estrutura cada vez mais buscando ampliar as redes de atenção preenchendo os vazios assistenciais existentes e sedimentando cada vez mais o município de Patrocínio como polo microrregional de saúde”, salienta.

A superintendente da Santa Casa de Patrocínio, Ana Lúcia de Castro que também faz parte do Conselho, fez um balanço positivo da reunião. “Receber o CMS foi muito significativo, pois é o órgão de maior representatividade de saúde do município e formado por reprsentantes dos usuários do SUS, Prestadores de Serviços e do Governo. Pessoas comprometidas com o bom desenvolvimento do setor e que comungam com a ascenção da Santa Casa que é um hospital sem fins lucrativos e que serve toda a comunidade de Patrocínio e região”, lembra.

Santa Casa de Patrocínio – Saúde é a nossa razão de ser. Informações pelo 3839-1000.