24/04/2014

Coreto da Praça da Matriz poderá ser demolido em breve

Segundo fontes ligadas ao GU23, os patrocinenses poderão presenciar, em breve, a demolição do obsoleto coreto construído na Praça da Matriz.

A autorização partiu – claro! – do prefeito Lucas Siqueira, atendendo reivindicação do novo secretário municipal de Cultura, Sebastião Guimarães Cortes, o Tião Loló, que tem um projeto ousado para o logradouro mais antigo desta paroquiana e paroquial paróquia rangeliana.

Desde 1992

A obra em questão foi ‘confeccionada’ há 22 anos (vide foto da placa abaixo). Desde sua inauguração se mostrou obsoleta, desagradando a todos, pois contrasta com a beleza arquitetônica da Praça e de seu entorno, além de impedir uma visualização ampla do logradouro, contribuindo ainda mais para a insegurança do local.

“Desde tempos imemoriais a Praça da Matriz teve um coreto, mas era um coreto que fazia uma composição harmônica com o logradouro. Esta monstruosidade aí nunca agradou a ninguém! E, pior, nunca foi usada, a não ser como depósito, pois tem um pé direito altíssimo, impossibilitando qualquer apresentação artística no local, que é a função básica dos coretos.” – conta um morador antigo da Praça, que pediu para não ser identificado.

Só para efeito de informação, a Corporação Musical Abel Ferreira se apresentou no local apenas uma vez… Na sua inauguração.

Mas, porém, todavia, contudo e entretanto, quando o assunto permeia a atual administração municipal – seus desejos, necessidades e vontades-, a prudência (e a história pregressa) nos manda aguardar antes de comemorar… Afinal, segundo as mesmas fontes sulfurosas, existe no GU23 fortes correntes contrárias a demolição! Será, como diria o compositor Zé Ramalho, ‘a peleja do diabo com o dono do Céu…’