02/04/2011

Corpo de Paulinho Mineiro é encontrado; Crime teria sido motivado por dívida de drogas

A Polícia Civil de Patrocínio elucidou na tarde deste sábado (02.abr) o desaparecimento de Paulo Marcio dos Reis Ferreira, 35 anos, o cantor Paulinho Mineiro, desaparecido desde o dia 15 de março, quando seu carro foi encontrado queimado na região de Santa Rosa, município de Coromandel.

Informações da Polícia Cívil dão conta de que os investigadores chegaram até o corpo da vítima – em estado de decomposição avançada e ‘desovado’ em uma plantação de café na MG 188 que liga Patrocínio a Coromandel -, depois da prisão de dois suspeitos, que confessaram o crime e apontaram o local onde o corpo estaria.

No carro de um deles estavam as rodas retiradas do Kadett vermelho, placa de Cambé, de propriedade do cantor além de vários periféricos. A justificativa para o assassinato foi que Paulinho devia algo em torno de 400 reais advindos da compra de drogas, mas a polícia não acredita na versão dos acusados.

Exames preliminares apontam que Paulinho Mineiro foi assassinado a golpes de pé de cabra. O corpo foi levado para o IML de Patrocino para os trabalhos de praxe e, posteriormente, será entregue para a família realizar seu sepultamento.

Como os suspeitos estão fora do flagrante, eles foram ouvidos e deverão ter suas prisões preventivas decretadas a pedido do Delegado Leonardo dos Santos Diniz. Este foi o segundo crime violento em Patrocínio neste ano.

O primeiro ocorreu no dia 20 de março, quando Eduardo José dos Santos foi morto com uma facada no peito. O motivo: drogas. O assassino, de 19 anos, foi preso e um adolescente de 17 anos apreendido.