10/06/2014

Correios anunciam nova e ampla prestação de serviços

Os Correios e o Banco do Brasil anunciaram a ampliação da sua parceira em torno do Banco Postal. A previsão é que a empresa de serviços postais passe a comercializar todos os produtos oferecidos pelo banco estatal em seus postos de atendimento a partir de julho.

A informação é do gerente da Agência Central dos Correios de Patrocínio Edson Silva Júnior, que se diz “ansioso para começar a trabalhar a nova modalidade de atendimento ao público”, afirma.

Hoje, o único investimento disponível é a poupança, e são oferecidas apenas duas linhas de crédito. Também ficou acertado que os franqueados dos Correios poderão se tornar correspondentes bancários do BB. Hoje, o Banco Postal só funciona em agências próprias da empresa.

Os novos termos da parceria entre as duas companhias, divulgados na quinta-feira (6), são uma etapa intermediária do plano anunciado em novembro do ano passado de transformar o Banco Postal em uma instituição financeira. Hoje, a parceira funciona no formato de correspondente bancário, com limitações para os dois lados.

Previsão

O novo acordo ainda precisa de aprovação do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que já recebeu a proposta para análise. Se aprovadas, as alterações podem ser colocadas em prática em 30 dias. A previsão é que o plano de negócios da nova instituição financeira, que terá o controle dividido entre as duas companhias estatais, seja concluído até junho. Se a criação do banco for aprovada ainda este ano, ele deve começar a funcionar em 2015.

A ampliação da parceria deve contribuir para aumentar a rentabilidade por cliente e, em um segundo momento, também o número de pessoas que utilizam esses postos de atendimento, que hoje são mais de 6.000 em todo o país. Embora seja utilizado por correntistas de todas as classes sociais, o Banco Postal atrai principalmente pessoas com renda de até R$ 4.500. Hoje, os principais produtos são conta corrente, poupança, crédito consignado INSS e pagamento de contas.

A parceira entre as duas estatais começou em 2012, quando o BB ganhou a concorrência para operar o Banco Postal, que antes estava ligado ao Bradesco. O banco público já atraiu cerca de 2 milhões de clientes por meio dos Correios e tem planos para chegar a 10 milhões.

Zona Rural

Edson Silva também informou que dentro dos próximos dias estará inaugurando a agência postal da comunidade de Santa Luzia dos Barros. “A prefeitura municipal já construiu no local um prédio próprio, que inclusive já recebeu a logomarca e as cores dos Correios”, afirma.

Silva salientou que a funcionária que se responsabilizará pelo novo posto postal já passou por treinamento e está apta a realizar o trabalho. Ele espera conciliar a agenda do prefeito Lucas Siqueira, para que possa oficialmente entregar o benefício aos moradores do local.

(Luiz Cabral/Difusora)