30/03/2011

Daepa inaugura novo reservatório, mas obra necessita de mais investimentos

O Daepa inaugurou na terça-feira (29.mar) o reservatório de água da Estação de Tratamento do bairro São Judas.

O evento, que marcou o retorno do prefeito depois de uma viagem ao Reino Unido, contou ainda com a presença do presidente da Câmara Municipal, vereadores, diretores e funcionários da DAEPA, secretários, assessores e imprensa.

Segundo dados da autarquia, o novo reservatório tem a capacidade de armazenar 1,540 milhões de litro de água. Com esta o obra, a ETA do bairro São Judas passaria então a ter a capacidade de reservar 4,5 milhões de litros de água.

Porém, todavia, contudo e entretanto, corre a boca miúda pela cidade que a nova ‘caixa d’água’ do Daepa somente tem condições de armazenar algo em torno de 400 mil litros do preciso líquido. O motivo, a construção foi feita acima do nível.

Para que o reservatório possa trabalhar com a sua capacidade máxima há a necessidade do bombeamento da água. A intenção do Daepa seria adquirir inicialmente uma bomba movida a diesel, mas o MP vetou a utilização do aparelho devido as questões ambientais.

Somente foi liberada a utilização de bomba movida a energia elétrica, mas o custo operacional é muito alto razão pela qual a compra foi descartada, informou-nos um informal informante.

Caso a assessoria da autarquia queira se manifestar o MAISUMONLINE desde já abre aqui um espaço (no bom sentido, lógico) para as justificativas.