09/12/2010

Defensoria pede liminar para mudar data do Enem

O Inep divulgou nesta quinta-feira a lista de cidades onde será aplicada nova prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) para os alunos prejudicados por erros de impressão no caderno amarelo do exame, que aconteceu no dia 6 de novembro. A nova prova será aplicada em 218 municípios de 17 Estados do país, no dia 15 de dezembro.

Para ver o local da nova prova, o estudante deve acessar o site do Inep e informar seu CPF e uma senha.

Os Estados que terão aplicação da nova prova são: Amazonas, da Bahia, do Ceará, do Espírito Santo, de Goiás, do Maranhão, de Minas Gerais, de Mato Grosso do Sul, do Pará, de Pernambuco, do Piauí, do Paraná, do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, de Sergipe, de São Paulo e do Tocantins.

O número de estudantes que poderão refazer a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) será maior que os 2.800 inicialmente divulgados pelo Ministério da Educação. A quantidade deverá ficar próxima de 10 mil, segundo a Folha apurou.

Oficialmente, o ministério diz que pediu que o consórcio Cespe-Cesgranrio fizesse nova revisão das atas da salas onde o exame foi aplicado, para ter certeza de que todos os prejudicados na primeira prova fossem contemplados. Como a nova avaliação será já na semana próxima semana (dia 15), a pasta disse que pediu ao consórcio para se preparar para até 10 mil provas, uma vez que o processo de revisão ainda não acabou –a reportagem apurou que deverá ficar perto de total.

Para ter direito ao benefício, o candidato deve, cumulativamente, ter recebido a prova amarela de sábado (6/11) com erro de impressão, não ter tido seu caderno de questões trocado, e ter tido seu caso registrado em ata.