28/11/2011

Eduardo Arantes | ‘Não é fácil administrar uma prefeitura depois que sai um Júlio Elias’

A segunda-feira política mel rangeliana começou quente & efervescente, contando com a participação do assessor de gabinete do guverno 23 e presidente do PSB em Patrocínio, Eduardo Arantes, no programa ‘Comentário do Dia/Rádio Comunidade’, apresentado pelo decano dos radialistas José Maria Campos.

A presença de Christiano Romão, secretário do partido, nos estúdios da Difusora AM buscava amenizar o bate-papo. Afinal, todos nós sabemos que o dr. Eduardo não tem papas na língua. Fala o que quer, onde quer e como quer!

De início a coisa começou até bem genérica, com o assunto gravitando sobre filiados, partidos parceiros, composições partidárias e até – pamem! – sobre a possibilidade de Romeu Queiroz ser candidato a prefeito em Patrocínio. Mas bastou uma faísca para que o dr. Eduardo Arantes desse várias de suas legendárias, antológicas e emblemáticas ‘eduardadas’.

“Não é fácil administrar uma prefeitura depois que sai um Júlio Elias. Ele arrebenta com qualquer estrutura administrativa. Estamos pagando dívidas até hoje.” – afirmou Arantes enumerando em 15 milhões de reais o ‘buraco’ deixado pelo ex-prefeito.

Sobre o lançamento do nome de seu irmão Rogério Arantes a prefeito de Patrocínio numa festa patrocinada também pelo ex-prefeito JulElias, dr. Eduardo afirmou duvidar da possibilidade.

“Eu já disse aqui e vou reafirmar. Eu pessoalmente não acho que o Rogério vai aceitar se candidatar a prefeito. Ele tem muitos compromissos, tem muitas empresas para olhar, tem toda uma estrutura familiar e administrar Patrocínio só por administrar eu creio que ele não aceite… É minha opinião. Agora se ele for mesmo candidato eu deixo a prefeitura e deixo a presidência do partido para apóia-lo.” – registrou.

Ao comentar o evento realizado na hollywoodiana chácara do ex-prefeito JulElias, as margens da represa de Nova Ponte, Eduardo Arantes contou que problemas de saúde impediram seu irmão de comparecer.

“Falaram lá durante a festa que o Rogério não foi porque está com câncer… Um absurdo. Uma total falta de respeito. Ele não foi na festa porque está com um problema grave de joelho, vai ter que se submeter a cirurgia, por isso não compareceu.” – contou o assessor de gabinete do guverno 23, que reafirmou o apoio de seu partido a reeleição de Lucas Siqueira.