07/01/2009

EX-PREFEITO DESAFINA NO FINAL COM ESCOLA DE MÚSICA

Cantando e tocando o refrão “Êi, você aí, me dá um dinheiro aí… Me dá um dinheiro aí!” em rítmo de chorinho, os funcionários e professores da Escola Municipal de Música dr. José Figueiredo fecharam o ano de 2008 sem receber o 13º salário. A revolta é grande no meio artístico local.

Mas os valorosos funcionários não colocaram a viola no saco… Pelo contrário, botaram foi a boca no trombone e mantiveram contato com a secretária da Fazenda, Edméia Queiroz Marcene, buscando um posicionamento oficial do novo governo sobre o pagamento do abono.

Edméia disse que ficou sabendo do imbróglio pela imprensa e que tentará de todas as formas priorizar o pagamento… Mas não revelou quando.

No fim do ano, o maisumonline recebeu um e-mail de um profes-sor da Casa da Cultura revoltado com o descaso do ex-prefeito com a cultura, que ele tanto se vangloriou de apoiar.

Dia desses, um competente funcionário da Escola de Música deixou escapar a seguinte frase numa conversa entre amigos: “Se eu soubesse que serviço público era assim eu não teria aceito o convite da Eliane. Agora é chorar sobre o leite derramado.”