03/07/2014

Governo Municipal sem consenso sobre nome da Praça PEC

Sob a presidência do radialista Alberto Sanarelli Jr., a Câmara Municipal do município de Patrocínio aprovou, no dia 21 de agosto de 2013, um projeto de Lei – de autoria do próprio Sanarelli – que denominou a Praça do PEC, construída na antiga União Operária, de ‘Praça Mário Alves do Nascimento’.

A homenagem é carregada de simbolismos.

Afinal, para quem não sabe, o sr. Mário Alves era uma liderança política querida e respeitada na terra rangeliana nas décadas de 50/60. Foi prefeito de Patrocínio e é pai de Betinho Nascimento, ex-prefeito (97/2000 e 2001/2004), atual vice-prefeito de Lucas Siqueira.

Dentre suas obras, destaca-se a Praça da Igreja Santa Luzia e a Fonte Luminosa sonora, que ainda encanta e embala gerações de patrocinenses e visitantes.

Mas o interessante é que a denominada por lei ‘Praça Mário Alves do Nascimento’ não é assim citada nas diversas matérias elaboradas pela assessoria de imprensa do GU23 quando o assunto é a obra em questão.

Para a ASSIM/PMP, o logradouro que é coordenado pelo ator/diretor (e ex-secretário municipal de Cultura) Flávio Arvelos se chama ‘Centro de Esportes e Artes Unificadas’, ou, simplesmente, ‘Ceu das Artes’…

Um exemplo bem recente

Apenas para ilustrar o fato, no final da tarde desta quarta (02), o MAISUMONLINE.com.br recebeu uma matéria de autoria da assessoria de imprensa do governo Lucas Siqueira contando que o prefeito visitou algumas obras que estão ‘no ponto’ para serem inauguradas.

Diz a matéria da ASSIM/PMP:

“A primeira parada foi no Centro de Esportes e Artes Unificado (CEU) – antiga Praça do PEC. (o texto foi enviado para a imprensa assim, com as primeiras letras do citado ‘Centro de Esportes e Artes Unificado’ grifadas, como a ensinar/explicar/enfatizar ao leitor o motivo – e o jeito – de se tratar o logradouro).

“Dr. Lucas, acompanhado do secretário e da coordenadora da Secretaria de Desenvolvimento Social, respectivamente, Eduardo Arantes e Maria Clarete Ferreira Santos, conferiu as pinturas artísticas que decoram as paredes do local que trazem a marca da comunidade e elogiou o trabalho dos artistas locais. Ao ver o amplo teatro todo equipado, o prefeito não conteve sua satisfação. “É um presente valioso para a população. O espaço está lindo, todo estruturado. Nosso povo merece”.”

“O CEU (olha aí o CEU de novo, grifo nosso) conta ainda com pista de skate, quadra coberta, salas para oficinas e aulas de informática, que servirão à nova unidade do Cras, além de pista de caminhada e parque infantil.”

“A expectativa do prefeito é que dentro de alguns dias o Governo Municipal entregue esse grandioso investimento para a população.”

“Eduardo Arantes lembrou ainda que toda equipe está preparando as atrações para o dia da grande inauguração que deverá contar ainda com a presença de algum representante do Ministério da Cultura.” – encerra.

Há (ou não há) algo de estranho no ar… Ou melhor, no CEU?