25/08/2009

História da mineração no Brasil será discutida por professores em Patrocínio

Um grupo de educadores da rede pública de ensino de Patrocínio se encontra dia 26 de agosto, pela segunda vez, para dar continuidade aos projetos iniciados no primeiro encontro baseados em temas relacionados à história da mineração no Brasil.

A ação faz parte do Projeto Janela Para o Futuro, que oferece oficinas de orientação para professores de 5ª a 8ª séries, com o objetivo de desenvolverem novas técnicas para montar planos de aula, valorizar o conhecimento do aluno e construir projetos na escola.

Para conduzir esta aula foi convidada Marilu Chamas, pós-graduada em Ensino de Geografia pela USP, educadora especializada em formação continuada de professores e consultora em Educação Ambiental desde 1997.

Patrocinado pela Fosfertil, com o apoio da Lei de Incentivo à Cultura, o Janela para o Futuro promove a leitura e a capacitação de educadores para incentivarem o estudo da História do Brasil e, com isso, melhorar a qualidade da educação em escolas públicas brasileiras.

A iniciativa inclui ainda a distribuição de 180 kits com materiais culturais para 18 escolas municipais e estaduais de Patrocínio.

“Com esse programa, ajudamos a melhorar a capacitação dos professores, ensinando novas técnicas que certamente tornarão as aulas mais produtivas e atraentes. Consequentemente, os alunos se sentirão mais estimulados e o aproveitamento será maior para todos”, afirma Paulo Eduardo Batista, gerente executivo de Comunicação Corporativa da Fosfertil.

O projeto contempla também as cidades de Araucária (PR), Catalão (GO), Uberaba e Tapira (MG) e Cubatão (SP), onde a Fosfertil mantém unidades de negócios. No total, 240 educadores estão sendo capacitados, 1.367 escolas atendidas e 4.530 kits culturais (que contêm seis exemplares da revista Horizonte Geográfico, pôsteres e guia de incentivo à leitura) distribuídos.

A Fosfertil e a educação
A Fosfertil é uma apoiadora de projetos socioculturais para o desenvolvimento das comunidades em que atua. Além de conduzir e patrocinar atividades de forma direta, também utiliza mecanismos de incentivo, como a Lei Rouanet.

Ainda este ano, Patrocínio recebe o projeto Planeta Água – Mundo Sustentável, que usa o teatro, oficinas de arte e brincadeiras para ensinar as crianças a preservar o meio ambiente e a diminuir o consumo dos recursos naturais. Também está prevista para a cidade a instalação de uma unidade do Espaço Fertilizar – Biblioteca de Primeira Infância, projetada para estimular o convívio com os livros e hábito da leitura em crianças de 0 a 6 anos.