18/06/2010

Investigação de possível suicídio leva Delegado a revelar o 15º homicídio em Patrocínio

Uma ocorrência policial registrada em fevereiro como homicídio, ocorrida na zona rural de Patrocínio, foi confirmada nesta quinta-feira (17) como homicídio pelo delegado de Polícia Leonardo Diniz. A confirmação eleva para 15 o número de assassinatos registrados somente neste primeiro semestre em Patrocínio, uma macabra estatística de uma morte a cada 11 dias.

Segundo Diniz, no dia 23 de fevereiro, a Polícia Militar registrou um boletim de ocorrência de suicídio. Segundo o BO, José Nato de Oliveira, 55 anos, teria sido encontrado morto e com uma corda amarrada em seu pescoço na fazenda Córrego da Andorinha.

O site dianewsnoticias.com.br conta que a Polícia Civil apurou que o crime teria sido encomendado por uma garota de programa que tinha um caso amoroso com a vítima. O delegado informou que a mulher sabia que José Nato, na época, teria sacado R$ 5.000,00 para comprar um veículo automotor. A prostituta então ‘encomendou’ que uma pessoa fosse de encontro com a vítima e o matasse enforcado.

“Dois dias após o suposto suicídio do Sr. José Nato, a garota de programa comprou uma motocicleta 0 km no nome do seu filho, motocicleta esta que não foi financiada e foi feito seu pagamento a vista e em dinheiro” revelou o Delegado de Polícia, o que reforça a tese de latrocínio.

O Delegado ainda informou que tanto a garota de programa quanto o homem que matou José Nato, que não teve seu nome revelado, serão indiciados pelo crime de latrocínio e inclusive, a prisão preventiva de ambos. A pena pelo crime de latrocínio vai de 15 a 30 anos de prisão.

Recentemente, durante Ordinária na Câmara Municipal, o delegado Leonardo Diniz informou que 13 dos 15 homicídios registrados este ano em Patrocínio já foram elucidados, “com os autores identificados e presos, o que representa um índice de 80% no trabalho de apuração”, sentenciou.

CRONOLOGIA DOS HOMICÍDIOS EM PATROCÍNIO NO ANO DE 2010

27/01 – Zélio Teixeira de Oliveira, o ‘Cabelo’, de 45 anos, executado com 8 tiros no cruzamento das Ruas Cecília Maria da Cunha com Antônio José da Cunha, no Bairro Serra Negra.

26/02 – Nilmar José da Silva, 23 anos, mata a esposa e a filha a machadadas no distrito de Silvano e depois se suicida na cadeia municipal.

19/03 – João Paulo Ferreira da Conceição, 19 anos, executado com 6 tiros no cruzamento da Avenida Brasil com Rua Geraldo Cirino Ramos, no Bairro Serra Negra.

20/03 – José Edvaldo Lima, 29 anos, natural de Juazeiro do Norte, Ceará é executado com 3 tiros depois de participar de um programa sexual no Bairro Olímpio Nunes.

21/03 – Polícia encontra numa propriedade rural próxima ao Bairro Serra Negra o corpo de Benício Silva Botelho, 19 anos, com 7 perfurações de balas. Segundo a perícia ele estava morto há 3 dias.

23/03 – Joseildo Gomes Pereira, o ‘Prefeito’, 35 anos, natural de Jaboatão/Pernambuco é morto a tiros na porta de sua casa, em Silvano.

10/04 – Marcelo Correa Mendes, o “Caveira”, de 25 anos, foi morto com três tiros no peito quando estava no interior de sua casa na Rua Prosperidade, no Bairro Santo Antônio.

11/04 – Jeny Madalena de Almeida, 82 anos, foi encontrada por familiares em sua casa, no centro da cidade, com duas perfurações no peito provocadas por facadas.

26/04 – Rosilene Santos Silva, 29 anos, natural de Buritizeiro/MG, foi encontrada estrangulada em meio a um cafezal. A polícia suspeita de crime passional.

11/05 – Tainá Pereira Silva, 13 anos, foi encontrada morta nas proximidades do Bairro Manoel Nunes no sabado (15), com suspeita de ter sido abusada sexualmente.

17/05 – Valter Honorato Nascimento, o Valtinho, 52 anos, proprietário de um supermercado no Bairro São Benedito, reage a um assalto e é executado a tiros por um menor.

06/06 – Por motivos fúteis, Edith Ferreira dos Santos, 23 anos, mata com 10 golpes de canivete Rosane Stela Pessi, 33 anos, num bar do Bairro Serra Negra.

12/06 – Leandro Pedro da Cruz, o ‘Garçon’, se envolveu em uma briga no ‘Bar Harmonia’, no Bairro Serra Negra, durante a madrugada. Ele foi atingido por 3 disparos, não resistiu aos ferimentos e morreu na mesa de cirurgia da Santa Casa.

17/06 – A Polícia Civil informou que a morte de José Nato de Oliveira, 55 anos, registrada em fevereiro deste ano na Fazenda Córrego da Andorinha como suicídio foi, na verdade, um homicídio encomendado por uma garota de programa.

CASO SUSPEITO

11/05 – Um homem não identificado aparentando 35 anos foi encontrado morto – com a cabeça decepada – nos trilhos da linha férrea próximo ao Bairro Cruzeiro da Serra. A PM suspeita de suicídio, mas não está descartado um possível assassinato.