08/10/2007

JORGE MARRA NÃO CORRE RISCO DE PERDER O MANDATO

Ao contrário do que se especulou – e muito, na semana passada – o vice-prefeito que não deixaram vicejar – Jorge Marra se mantém no cargo.

Alguns setores da política local especulavam que, devido a decisão do supremo em castigar deputados e vereadores que trocaram de partido, respingaria no vice-prefeito, que recentemente trocou o PMDB pelo PR.

Segundo as publicações abalizadas, a decisão do Supremo atinge apenas aos que disputaram as eleições proporcionais (deputado federal, estadual ou vereador), onde a justiça conta primeiro o voto do partido, não no candidato.

Presidentes, governadores, prefeitos e seus respectivos vices – além dos senadores e seus suplentes -, não foram alcançados pela mudança.