15/05/2014

Literatura | APL vai lançar coletânea de textos dos ‘imortais’

Atualmente presidida pela escritora e artista plástica Maria Helena Resende Malagoli, a Academia Patrocinense de Letras deverá lançar, em breve, uma coletânea de textos inéditos de seus acadêmicos.

A iniciativa busca divulgar a APL e enfatizar os estilos literários distintos, que atualmente mesclam o staff da Academia. Os interessados devem enviar suas crônicas, contos ou poemas – desde que a obra não ultrapasse duas laudas -, até o dia 30 deste mês.

Além dos textos, a coletânea trará também um breve relato da vida de cada patrono – que uma vez escolhido pelo acadêmico NUNCA PODERÁ ser trocado! -, tornando público a importância destes ‘notáveis’ rangelianos para a cultura local e regional.

Repasse oficial

A APL conta atualmente com cerca de 30 ‘imortais’, mas poucos se reúnem mensalmente em sua sede oficial, localizada na sala 41 do Shopping Ouro Verde. O espaço é denominado sala ‘Eurico Pio de Souza’ e foi doado pelo poeta, escritor, filósofo e também imortal Honorico Pio de Souza (o Toco), ocupante da cadeira 26, cujo patrono é o seu irmão, o poeta Lauderico Pio de Souza, o inesquecível Bebém.

Recentemente, a Câmara Municipal de Patrocínio aprovou Projeto de Lei de autoria do prefeito Lucas Siqueira que repassa a APL, anualmente, o valor de R$ 8.600,00 para que a Academia fique em dia com suas responsabilidades financeiras e possa realizar projetos que necessitem de aporte financeiro.