11/02/2010

MEC proíbe ingresso em cursos à distância de 5 universidades

O Ministério da Educação anunciou na quarta a proibição da entrada de alunos em cursos à distância de cinco universidades privadas. A informação é do jornal Folha de S.Paulo. O MEC teria constatado que 108 polos (pontos de apoio presenciais obrigatórios) não estariam credenciados, impossibilitando a oferta de vagas no vestibular.

Outros polos regulares estariam liberados para oferecer vagas. As escolas relacionadas seriam a Universidade Paulista (Unip), Estácio de Sá, Cesumar (PR), Finom (MG) e Unisa (SP).

Nesses polos, os alunos cumprem a carga presencial obrigatória dos cursos à distância. Eles também devem oferecer biblioteca, laboratórios e computadores para consulta. Esses 108 polos receberiam 10 mil alunos.

A Universidade Paulista (Unip) teria 76 dos polos não autorizados. O MEC ainda pode descredenciar as escolas, que têm 10 dias para apresentar explicações. As escolas afirmaram à reportagem que prestarão esclarecimentos sobre o tema.

Portal Terra