14/04/2010

Mesmo com 25 presos transferidos para a Penitenciária, lotação do Cadeião Central continua insustentável

Devido ao motim que aconteceu no Cadeião Central, no alto da Faria Pereira, durante a madrugada de terça-feira (13) e que culminou na destruição total de três celas, 25 presos foram transferidos para a Penitenciária Regional ‘deputado Expedito Faria Tavares’ na tarde do mesmo dia.

Mesmo com o remanejamento a situação do Cadeião Central vai continuar insustentável. Construído para abrigar aproximadamente 40 detentos, o Cadeião tem hoje três vezes mais a sua capacidade. é um barril de pólvora prestes a explodir!

Segundo os entendidos, a situação só será controlada com a construção do Cadeião anexo à Penitenciária Regional, previsto para ficar pronto no segundo semestre. A obra segue em ritmo acelerado.