18/05/2010

Pesquisas vão definir entre Costa e Pimentel qual será o candidato da oposição em Minas

Representantes do PT, PMDB, PCdoB, PR e PRB definiram, na manhã desta terça-feira (18), que as pesquisas de opinião subsidiarão a escolha do candidato cabeça de chapa da base aliada na corrida pelo Governo de Minas.

A disputa está entre o ex-prefeito de Belo Horizonte Fernando Pimentel (PT) e o senador Hélio Costa (PMDB). Um dos dois formará o palanque no Estado para a pré-candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, enquanto o outro disputará uma vaga ao Senado.

Nos últimos dias, os líderes das cinco legendas vêm se reunindo para definir os critérios oficiais para a escolha do cabeça de chapa. Pela decisão, a comissão formada para definir o candidato do campo de oposição utilizará duas pesquisas – uma quantitativa e outra qualitativa – para divulgar o nome até o próximo dia 6 de junho.

O “perdedor” disputará uma vaga ao Senado. As pesquisas, realizadas pelos institutos Sensus e Ibope, serão divulgadas até o dia 4. O “consórcio” dos partidos ficará responsável pelo pagamento aos institutos.

No entendimento dos peemedebistas, como o critério passará pela pesquisa, a questão estaria resolvida, já que Costa obteve 38% da intenção de votos no mais recente levantamento do Instituto Sensus.

Os petistas pensam diferente. “Queremos ver qual é o melhor candidato na opinião do eleitor e não o que está à frente. A Dilma, há algum tempo, não estava à frente das pesquisas. Mas os levantamentos apontavam o nome da ministra como o melhor. É por isso que faremos uma pesquisa qualitativa em Minas para decidirmos a questão”, disse o presidente estadual do PT, deputado federal Reginaldo Lopes.

Hoje em Dia