22/05/2020

Pimentel indiciado por desvio de quase R$ 1 bilhão em consignados

Z|E|N
O ex-governador de Minas Fernando Pimentel (PT) e seu ex-secretário de Estado da Fazenda José Afonso Bicalho foram indiciados pela Polícia Civil por crimes de peculato e desvio de recursos.

O inquérito, encerrado na quarta (20), apurou que o Governo, entre 2017 e 2018, teria recolhido mais de R$ 924 milhões dos contracheques de servidores que realizaram empréstimos consignados, mas não teria repassado às instituições financeiras.

De acordo com a investigação do Departamento Estadual de Combate a Corrupção e a Fraudes, cerca de 280 mil servidores teriam sido prejudicados.

Muitos deles foram acionados pelos bancos por conta do não repasse dos valores e tiveram que pagar a dívida para que o nome não fosse levado para o Serasa, prejudicando novos empréstimos.