28/02/2014

PM | Estelionatários na ‘praça’ e tráfico de drogas

ESTELIONATO

Em Patrocínio, dia 27, por volta das 15h20min, segundo a vítima, após sacar a quantia de R$ 1.400,00 (Hum mil e quatrocentos Reais) na agência Bradesco, percebeu quando um Senhor de camisa branca e calça jeans aparentando ter aproximadamente 55 anos de idade deixou um envelope cair ao solo, momento em que a vítima o apanhou e entregou ao Senhor. Diante do gesto o referido senhor demonstrando gratidão prometeu uma recompensa, um relógio para a vitima e um outro relógio para um outro senhor de olhos azuis trajando blusa preta e calça jeans que se aproximou do jovem apoiando-o na atitude. O dono do envelope disse ser gerente de uma relojoaria cujo o nome é Paris, deu um ticket para vítima e para o outro senhor, que por sua vez se afastou e voltou com o relógio prometido, induzindo a vítima a fazer o mesmo. A vítima durante o deslocamento para a suposta relojoaria foi novamente abordado pelo primeiro autor que se dispôs a segurar seu material (Dinheiro e celular), uma vez que a relojoaria teria uma porta com detector de metal, no entanto a vítima não localizou a relojoaria e ao retornar constatou que o autor evadiu do local com o dinheiro e 01 celular da marca SANSUNG de cor preta.

Em Patrocínio, dia 28, por volta das 00h30min durante patrulhamento pelo bairro Serra Negra, a Polícia Militar deparou com um menor transitando em uma bicicleta em atitude suspeita. Ao perceber a presença dos policiais tentou evadir, no entanto foi alcançado e submetido a uma busca pessoal. Com o menor foi encontrado 03 pedras de crack; R$ 20,00 (vinte reais), 01 telefone celular marca ALCATEL de cor preta. Ele relatou aos policiais que havia adquirido 20 pedras de crack e até aquele momento havia vendido 17 pedras e repassado o dinheiro a pessoa que lhe fornece a droga e que transporta a droga numa motocicleta Honda/CG 150 de cor preta. O menor disse também que a cada 20 pedras vendidas ele ganha o valor referente a 05 pedras, ou seja R$ 50,00.

RECOMENDAÇÃO AOS COMERCIANTES

– Evite fazer movimentações financeiras de grandes valores. Utilize agência bancárias;
– Lembre-se: um alvo fácil é sempre mais procurado;
– Não comente sobre o seu salário com pessoas de pouco convívio;
– Nos dias de pagamento adote medidas de segurança mais severas;
– Observe se há pessoas suspeitas nas proximidades;
– Se precisar transportar muito dinheiro, não ande sozinho, faça-se acompanhar de parentes, amigos ou seguranças.
Quem deve portar arma de fogo são os policiais. Pessoas que portam armas de fogo estão na maioria das vezes querendo praticar delitos. Denuncie via 181 (Disque denúncia unificado) ou 190 caso presencie pessoas portando armas de fogo em vias públicas pois a vítima pode ser você.

(ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO ORGANIZACIONAL DO 46º BPM)